Stock: Daniel Serra e Ricardo Zonta vencem em Goiânia

Estreando em novas equipes, Daniel Serra (Eurofarma RC) e Ricardo Zonta (Shell Racing) foram os vencedores da etapa de abertura da temporada, no Autódromo de Goiânia. Serra venceu a primeira prova, e Zonta a segunda.

Prova 1:

Pole-position Serra dominou a primeira prova. O piloto da Eurofarma RC só perdeu a ponta durante a janela para reabastecimento e troca de pneus. Thiago Camilo (Ipiranga Racing) superou Max Wilson (RCM Motorsport) após a parada nos pits, e terminou em segundo. Wilson foi o terceiro.

“Foi uma corrida muito disputada. O Thiago tentou se aproximar fez uma boa corrida. Gosto muito desse autódromo, tem uma estrutura sensacional, tanto na parte de segurança como para o público. Estou muito feliz em conquistar a primeira vitória aqui. Ainda tem muita coisa para acontecer, mas espero estar o ano inteiro na briga por vitórias”, comentou Daniel Serra.

Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) terminou em quarto, seguido por Átila Abreu (Shell Racing) e Galid Osman (Ipiranga Racing).

Cacá Bueno (Cimed Racing), o atual campeão Felipe Fraga (Cimed Racing Team), Cesar Ramos (Blau Motorsport) e Tuka Rocha (RCM Motorsport) completaram os dez primeiros. Rocha garantiu a primeira posição no grid da segunda prova (dez primeiros invertidos).

Logo na primeira volta um múltiplo acidente, iniciado com uma rodada de Marcos Gomes (Cimed Racing), envolveu mais sete pilotos: Júlio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), Zonta, Rubens Barrichello Full Time Sports), Allam Khodair (Full Time Sports), Bia Figueiredo (Full Time Academy), Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) e Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing).

Corrida 1

1) 29 Daniel Serra (Eurofarma RC)
2) 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 1s291
3) 65 Max Wilson (RCM Motorsport) – a 3s720
4) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 3s.915
5) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 17s779
6) 28 Galid Osman (Ipiranga Racing) – a 19s027
7) 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 23s370
8) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) – a 24s520
9) 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 25s893
10) 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) – a 27s847
11) 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 30s336
12) 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Motorsport) – a 31s551
13) 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Motorsport) – a 33s945
14) 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) – a 36s.01
15) 12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – a 36s315
16) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 36s709
17) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 39s810
18) 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car) – a 41s.504
19) 44 Betinho Valério (Full Time Bassani) – a 47s210
20) 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) – a 52s.372
21) 31 Marcio Campos (Blau Motorsport) – a 1 volta
22) 5 Denis Navarro (Cimed Racing Team) – a 1 volta
23) 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 2 voltas
Não completaram 75% da prova
24) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports)
25) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing)
26) 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy)
27) 18 Allam Khodair (Full Time Sports)
28) 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing)
29) 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport)
30) 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing)

Prova 2:

Zonta fez uma incrível prova de recuperação, e venceu a segunda prova. Depois de se envolver no múltiplo acidente da primeira volta, na primeira corrida, o ex-piloto Toyota na F-1 alinhou na 25ª posição.

Sem usar os botões de ultrapassagem, e os pneus na primeira prova, Zonta assumiu a ponta após a para reabastecimento e troca de pneus.  Recebendo a bandeirada com 2s968 de vantagem sobre o parceiro de equipe Átila Abreu. Wilson novamente completou o pódio.

“Impressionante o desempenho do carro. Já estava bom na classificação, acabei me envolvendo no acidente na primeira corrida e não desgastei os pneus e nem usei o botão de ultrapassagem. Foi difícil prever que eu poderia fazer várias ultrapassagens. O meu carro e do Átila estavam iguais, os dados volta a volta são bem parecidos. Isso prova que esse ano estaremos em condições de brigar pela ponta”, comentou Zonta.

“Esse segundo lugar teve um sabor de vitória. Foi uma excelente corrida, melhor do que imaginávamos, porque é o começo de um trabalho com uma nova equipe. Estivemos sempre competitivos no fim de semana”, declarou Abreu.

Barrichello foi o quarto, seguido por Denis Navarro (Cimed Racing Team) e Serra.  Khodair, Camilo, Bueno e Fraga (que rodou quando liderava a prova), fecharam os dez primeiros.

Serra lidera o campeonato com 40 pontos, um a mais do que Wilson.

Corrida 2

1) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing)
2) 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 2s968
3) 65 Max Wilson (RCM Motorsport) – a 5s252
4) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 7s799
5) 5 Denis Navarro (Cimed Racing Team) – a 11s042
6) 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 14s838
7) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 15s227
8) 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 18s953
9) 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 21s877
10) 88 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) – a 23s497
11) 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 23s786
12) 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Motorsport) – a 24s828
13) 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 24s846
14) 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 25s886
15) 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 26s388
16) 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 32s357
17) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 35s491
18) 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) a 35s736
19) 12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – a 44s578
20) 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) a 1 volta.
21) 44 Betinho Valério (Full Time Bassani) – a 2 voltas.
22) 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) a 4 voltas
Não completaram 75% da prova
23) 28 Galid Osman (Ipiranga Racing)
24) 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car)
25) 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Motorsport)
26) 31 Marcio Campos (Blau Motorsport)
27) 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy)
28) 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport)
29) 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car)
30) 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport)

Classificação do campeonato:
1. Daniel Serra – 40 pontos
2. Max Wilson – 39
3. Átila Abreu – 37
4. Thiago Camilo – 33
5. Ricardo Maurício – 21
6. Cacá Bueno – 21
7. Ricardo Zonta – 20
8. Felipe Fraga – 18
9. Galid Osman – 17
10. Rubens Barrichello – 14
11. Cesar Ramos – 12
12. Diego Nunes – 12
13. Rafael Suzuki – 12
14. Denis Navarro – 12
15. Tuka Rocha – 11
16. Felipe Lapenna – 9
17. Allam Khodair – 8
18. Guilherme Salas – 7
19. Lucas Foresti – 6
20. Vitor Genz – 6
21. Marcos Gomes – 4
22. Sergio Jimenez – 3
23. Antonio Pizzonia – 3
24. Betinho Valério – 2
25. Guga Lima – 1
26. Marcio Campos – 0
27. Valdeno Brito – 0
28. Bia Figueiredo – 0
29. Gabriel Casagrande – 0
30. Julio Campos – 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *