F1: Renault se exime de culpa em problemas no motor de Verstappen

No último domingo, Max Verstappen, da Red Bull, teve de abandonar o GP da Hungria por conta de problemas em seu motor Renault. Após a corrida, o piloto e o diretor esportivo da equipe, Christian Horner, não esconderam a insatisfação e teceram duras críticas contra a montadora parceira, uma vez que de 12 corridas, Verstappen teve problemas em quatro.

Ler mais