Papo de box: Chegou agora e já sentou na janelinha

55 anos depois, uma equipe estreante da Fórmula 1 faz uma dobradinha em estréia de temporada.

Quem diria que uma equipe estreante – se é que podemos chamá-la de estreante, já que a Brawn GP nada mais é o que restou da Honda com a genialidade de Ross Brawn – e que ninguém botava fé, faria o que fez esse final de semana!

A Brawn GP, simplesmente dominou os treinos de pré-temporada deixando equipes como Ferrari, Mc Laren, BMW e até a própria Renault que vinham como favoritas para a disputa do título e todos achavam que tinha algo errado, inclusive até chegaram a abrir investigação para saber se havia algo fora do regulamento da FIA, já que a equipe mal tinha nascido e derrepente deixava a campeã de construtores do ano passado comendo poeira literalmente.

Nos treinos oficiais para o GP da Austrália, todos claramente ansiosos para saber o que ia acontecer e derrepente chega a Brawn GP e novamente domina tudo, formando a primeira fila para a abertura da temporada. Realmente foi um impulso absurdo para a categoria, para a nova equipe e ainda para os dois pilotos que vinham sendo praticamente “aposentados” pela mídia em geral, que já colocavam Button e Barrichello em categorias totalmente opostas a F1.

Na corrida, mais precisamente na largada, Barrichello teve um probleminha como carro, acreditem se quiserem o carro morreu, mas nada que um tranco não resolva – assim como fez o grande Senna em Suzuka na temporada de 88 – perde várias posições e cai para a sétima posição, com isso comentaristas de TV, já davam como “perdida” a corrida do Rubinho. Mas esse era o fim de semana dele e de Button, mais do que isso, era o fim de semana da Brawn GP, pois 55 anos depois, uma equipe estreante conquista uma dobradinha em abertura de temporada, a primeira equipe a realizar o feito, foi a Mercedes Benz – que curiosamente equipa com seus motores a Brawn GP – com os pilotos Juan Manuel Fangio e Karl Kling, em 1954 no GP da França, quarta etapa daquele mundial.

Sorte? Bom carro? Bons pilotos? Pelo visto a temporada de 2009 será emoção de ponta a ponta. E você acompanha toda a cobertura no SpeedRacing.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest