F1: Petrobras deixará McLaren e Fórmula 1, mais uma vez

Deve durar menos de dois anos a volta da Petrobras à Fórmula 1. A parceria entre a estatal e a equipe McLaren, que foi celebrada no início de 2018, está próxima de ser encerrada pelo governo federal. O ministro da cidadania, Osmar Terra, disse à Veja que não faz sentido o acordo firmado pela empresa no governo Temer e que vale cerca de £ 10 milhões (R$ 51 milhões) por ano.

Ler mais