Racing Festival: Mais um campeonato que acaba

Na sexta-feira (28/12) foi anunciado oficialmente o fim do Racing Festival, após a disputa de apenas três temporadas. A decisão foi a FIAT italiana, que encerrou o envolvimento em qualquer categoria do automobilismo. A categoria era organizada por Carlinhos Romagnoli e Titônio Massa, pai do piloto de Fórmula 1 Felipe Massa.

Também apoiada pela FIAT, a F-3 italiana também acabou (o SR anunciou o cancelamento no começo do mês).

Com isso mais um campeonato acabou no Brasil em 2012: Fórmula Futuro, Copa Montana, Mini Challenge, Spyder Race, Audi DTCC, Top Series, Copa Peugeot de Rali. Se esqueci algum me desculpem.

Mesmo com o anúncio do aumento de número de filiados pela CBA, isso de nada adianta; se categorias acabam ou simplesmente definham. A F-3 Sul-Americana teve grid de seis carros, e só não acabou devido a VICAR, que resolveu bancar o desafio. O Rally de Velocidade nem teve o fim do campeonato, e não sabe como será em 2013.

Sem contar que perdemos Jacarepaguá para a especulação financeira. Quem é do Rio de Janeiro ou de cidades perto (sou de Juiz de Fora, Minas Gerais, 170 km distante), sabe muito bem que Deodoro, o local onde “Será construído o novo autódromo”, é longe, num matagal que era Campo de Instrução do Exercito, e cercado por favelas (nada contra os moradores, 99,99% de gente honesta e trabalhadora). E que tem milhões de munições espalhadas, de um paiol que explodiu na década de 1950!!!

Se não limparam o local até hoje, vão limpar agora? Me engana que eu gosto!

Não teremos mais autódromo na cidade do Rio de Janeiro nunca mais! E o Prefeito do Rio de Janeiro ainda disse vai roubar a F-1 de São Paulo! Ok e vai colocar onde? Olha o respeito na resposta, hehehe.

Quantos empregos não serão perdidos com o fim das categorias, investimentos e carros, peças jogados no lixo!

O que sobrou para 2013: Tirando o heroísmo dos que fazem os campeonatos regionais, principalmente no Sul do país, teremos como campeonatos nacionais: Stock Car (que prometeu ter um campeonato de acesso), F-Truck (que se mantém graças a força de muitos corajosos), Brasileiro de Marcas, o GT Brasil (que quase foi pro vinagre em 2012 e teve que se virar para sobreviver), a cambaleante F-3 (que deve voltar a ser somente Brasileira) e mais o que???

Uma grande parte dos profissionais que acompanham e escrevem sobre automobilismo, simplesmente não recebem nada. Tem outras profissões (como no meu caso), mas dedicam horas, dinheiro e finais de semana para acompanhar e informar aos milhares de amantes deste esporte. Que desde o pioneirismo de pessoas como o Barão Fittipaldi, encanta multidões e nos enche de orgulho.

Infelizmente pelo jeito, meia dúzia de pessoas, que com certeza não estão nem ai para o automobilismo (duvido que num questionário de 50 perguntas sobre a história do automobilismo brasileiro acertem a metade), estão faturando, e matando a paixão de milhares.

Sei que escrevo pouco na Coluna, pois me dedico à cobertura dos campeonatos, mas desta vez estava meio entalado.

Mesmo assim, ótimo 2013 para todos nós!! Boas Festas!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest