24 Horas de Daytona: Bia Figueiredo correrá pela primeira vez na badalada corrida

A piloto Bia Figueiredo se prepara para competir, pela primeira vez, em Daytona, na equipe Heinricher Meyer Shank Racing, composta apenas por mulheres. A prova acontecerá nos dias 26 e 27 de janeiro e a piloto afirma que não faltará esforços para colocar a equipe feminina no topo.

“Se me perguntassem alguns anos atrás, jamais pensaria que isso poderia acontecer na minha carreira. É emocionante”, comenta Bia Figueiredo. “Conheço Katherine (Legge) e Simona (de Silvestro) há muito tempo. Elas tiveram grande sucesso onde correram. A equipe MSR (Meyer Shank Racing) sempre luta por vitórias e campeonatos na IMSA. Tenho certeza de que fará o melhor que puder para colocar essa equipe feminina no topo. Mal posso esperar para estar dentro do carro em corridas importantes como Daytona, onde nunca pilotei, mas sempre sonhei em correr”.

No treino realizado no dia 5 de janeiro, a brasileira entrou na pista e garantiu o primeiro lugar ao conduzir o Acura NSX GT3, com o tempo de 1:45.537. “Lideramos a simulação de classificação e isso mostra a força do nosso time. O carro está bom, estamos em um ótimo momento e vamos trabalhar para manter o bom resultado. Vamos brigar pela vitória”, comentou Bia.

A equipe idealizada por Jackie Heinricher tem como objetivo, além desta temporada da IMSA, a 87ª corrida das 24 Horas de Le Means. “Há muito tempo, sonho em montar uma equipe diversificada, composta por quatro piloto mulheres, umas da mais rápidas do mundo, para unir forças e competir em conjunto. Com o apoio da Caterpillar (CAT), posso ver esse meu sonho se tornar realidade”, diz Jackie. A Heinricher Meyer Shank Racing é a primeira equipe composta somente por mulheres.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *