24 Horas de Le Mans: Punição deixa Melo em último no grid

Irregularidade no aerofólio deixa Jaime Melo em último no grid em Le Mans.Punição à Risi Competizione põe carro do brasileiro, que busca terceira vitória consecutiva, na 55ª posição

As previsões da Risi Competizione para os treinos classificatórios das 24 Horas de Le Mans foram confirmadas na noite brasileira desta quinta-feira (10). Mesmo sem a chuva que a meteorologia previa para as duas últimas sessões classificatórias, a equipe do brasileiro Jaime Melo manteve-se como mais rápida da classe GT2. Contudo, por uma punição de ordem técnica, a Ferrari de Melo vai ocupar a última posição no grid, composto por 55 carros.

Na quarta-feira, o italiano Gianmaria Bruni, um dos parceiros de Melo na Risi Competizione, foi o mais rápido no primeiro treino classificatório. Sob previsão de chuva, a equipe norte-americana planejou trabalhar os acertos da Ferrari F430 nas duas sessões finais – trabalho, aliás, cumprido conforme o planejado. O clima de satisfação na equipe pela conquista da pole deu lugar à decepção pelo anúncio da anulação dos tempos obtidos pelo trio nas tomadas do tempo.

A punição foi decorrente de uma irregularidade constatada no aerofólio traseiro do carro. “É claro que isso deixou a gente um pouco chateado, o trabalho da equipe até aqui foi muito bom. Mas vamos manter o mesmo entusiasmo de todas as corridas longas duração que disputamos”, disse Melo. “É uma corrida que dura um dia inteiro, largar de trás não chega a nos tirar da briga. Temos a chance de vir para a frente, sim, estamos bem confiantes no carro”.

A Risi Competizione vem de um histórico bastante positivo nas principais provas de longa de duração do mundo. Desde junho de 2008, comemorou vitórias em todas as que disputou, numa lista que inclui 12 Horas e Sebring, 24 Horas de Le Mans e Petit Le Mans, duas edições de cada, em todas com Jaime Melo no time de pilotos. O brasileiro também foi vencedor, defendendo a AF Corse, as 24 Horas de Spa-Francorchamps, na temporada de 2009.

OS POLES
Com a punição à Risi, os dois carros da Corvette Racing passam a ocupar as duas primeiras posições da classe GT2 no grid. A pole-position passa para o francês Emmanuel Collard, o monegasco Olivier Beretta e o inglês Oliver Gavin. Eles estarão em 36º no grid geral de Le Mans, uma posição à frente do outro Corvette C6 ZR1 do time, pilotado pelo dinamarquês Jan Magnussen no trio com o inglês Johnny O’Connel e o espanhol Antonio Garcia.

Na classificação geral, o domínio nos treinos classificatórios das 24 Horas é da Peugeot, que tem unidades de seu modelo HDi 908 ocupando as quatro primeiras posições. A pole é do trio formado pelos franceses Sebastian Bourdais e Simon Pagenaud e o português Pedro Lamy. Eles conquistaram a melhor volta das tomadas de tempo na primeira das três sessões, a de quarta-feira, com o tempo de 3min19s711, com média horária de 245,677 km.

Na classe LMP2, a pole-position é do HPD ARX.01 do trio britânico Jonny Kane/Danny Watts/Nick Leventis, que ocupa a 15ª posição no grid geral. Pela GT1 o carro melhor colocado é o Aston Martin DBR9 pilotado pelo checo Tomas Enge, o dinamarquês Christoffer Nygaarde o holandês Peter Kox. No grid geral, eles vão ocupar a 31ª posição. A largada para a 78ª edição das 24 Horas de Le Mans, neste sábado, será dada às 15h locais, 10h de Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *