24 Horas de Spa-Francorchamps: Bruno Senna disputa prova com um McLaren

O brasileiro Bruno Senna irá disputar às 24 Horas deSpa-Francorchamps, na Bélgica, quarta e principal prova do Blancpain Endurance Series. A prova acontece no final desde mês.

Senna, que atualmente defende a Aston Martin no WEC (Campeonato Mundial de Endurance), irá pilotar um McLaren MP4-12C GT3 da equipe Von Ryan Racing, de propriedade de Dave Ryan (que foi chefe dos mecânicos  da McLaren entre 1988 e 1993, época em que Ayton Senna defendeu a equipe).

“Ter Bruno conosco é realmente positivo. E não é porque ele é um Senna. Minha expectativa é que ele seja muito rápido e que tenhamos um esquadrão muito forte em Spa”, exalta Ryan ao site do jornal inglês Autosport.

Senna terá como parceiros de equipe os britânicos Chris Goodwin, piloto e diretor de GT da McLaren, e Rob Barff, piloto regular da equipe.  Com a mudança de pilotos, a equipe passou da Classe Pro-Am (com pilotos amadores e profissionais) para a Pro (apenas com pilotos profissionais).

“Leon (Price, proprietário do carro) queria ver até onde iríamos com um trio forte. Eu e ele conhecemos muito bem o Chris e ele fez um excelente trabalho conosco em Spa no ano passado. Durante as conversas, ele perguntou se estaríamos interessados em ver se o Bruno estaria disponível. E é claro que estaríamos”, relata Ryan.

Nas três primeiras provas do ano, Barff formou trio Price e o sul-africano Jordan Grogor, na Classe Pro Am.    

Em Silverstone, na segunda etapa do ano, o trio terminou em décimo, conquistando um ponto.

Senna não deve testar o carro antes do inicio dos treinos para a prova, que acontece entre os dias 24 e 28 de julho.

“Talvez ele não pilote o carro até Spa, mas não estou preocupado, pois ele mostrou com o Aston que ele tem ritmo com um carro GP”, conclui o dirigente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *