A1GP: Brasil tenta voltar ao pódio em fim-de-semana histórico

Clemente Faria Jr. será o primeiro piloto brasileiro a andar no carro da A1 GP com 30% de biocombustível. O mineiro de 20 anos, atual campeão da Fórmula 3 Sul-Americana, fará a sessão dos calouros de amanhã (sexta-feira), abrindo a quinta etapa da temporada 2007/2008 da Copa do Mundo de Automobilismo, que se realiza em Taupo, Nova Zelândia.

O piloto titular, que disputará as sessões de treinos livres e classificatórios e duas corridas de domingo continua sendo Sérgio Jimenez. O paulista de 23 anos, campeão da Fórmula Renault Brasil em 2002, foi titular em todas as etapas desta temporada e teve como melhor resultado até agora o pódio na corrida principal do GP de Sepang, Malásia.

Em 11º no campeonato liderado pela Suíça, o Team Brasil espera pontuar e galgar algumas posições na tabela de pontos. Mas independentemente dos resultados esportivos, a A1 GP já sai vencendo por ser a primeira categoria global a andar com uma mistura de etanol. O combustível Hipeflo E30 usa um etanol a base de açúcar de beterraba e foi desenvolvido especificamente para o motor Zytek da A1 GP. Em relação à gasolina que estava sendo usada na categoria, o E30 diminuirá as emissões de CO2 em 21%. Segundo o CEO da A1 GP, Pete da Silva, a introdução do E30 foi adiada do início para a quinta etapa da temporada para garantir que o carro não perdesse performance. “A prioridade é continuarmos oferecendo corridas eletrizantes com equipamento e performance de altíssimo nível, mas temos certeza de que podemos faze-lo minimizando o impacto ambiental”, disse da Silva.

Emerson Fittipaldi, sócio e diretor técnico do Team Brasil: “É importantíssima esta iniciativa pioneira da A1 GP, e eu me sinto particularmente confortável para falar sobre isto porque sou um grande entusiasta do biocombustível, invisto na produção de etanol e até por isso fui convidado para pilotar o Pace Car das 500 Milhas de Indianápolis esse ano, que sera um Corvette Z06 movido a uma mistura com 85% de biocombustível. Quanto à corrida em si, tenho as melhores expectativas possíveis em relação ao Clemente Jr., que é um talento nato e vai aprender mais sobre o carro, e estou confiante no desempenho do Sérgio Jimenez, que vem fazendo um belo trabalho. Temos que melhorar nossa posição de classificação em relação à última corrida, e daí para frente pensar em voltar para o pódio“.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *