A1GP: Khodair retorna ao Brasil para a Stock Car embalado por grande evolução na A1 GP

Em sua terceira participação na A1GP pela equipe do Líbano, o piloto brasileiro Allam Khodair fez neste domingo (15), na China, sua melhor corrida pela Copa do Mundo do Automobilismo. No Autódromo de Xangai, Allam completou novamente as duas provas da rodada e ressaltou, assim que saiu do carro, o que a etapa chinesa significou para o time libanês: “Agora senti o que é um carro da A1GP”, disse o piloto.

Depois de enfrentar muitas dificuldades no México e também na primeira corrida realizada na China (a Sprint Race, de apenas 10 voltas), o piloto brasileiro teve um carro completamente diferente para a principal prova chinesa, a Feature Race, que teve duração aproximada de 1h10min. “Meu carro melhorou muito e reduzimos à metade nossa desvantagem para o time da Nova Zelândia, que estabeleceu a melhor volta nas duas corridas e disputa o vice-campeonato com a Grã-Bretanha. Consegui fazer a 11º melhor tempo da segunda prova e isso mostrou que andamos para a frente”, declarou o brasileiro, que havia largado em 19º.

Allam terminou a corrida em 14º lugar, mas o resultado não refletiu o real potencial do time. O piloto brasileiro foi punido com um drive throught por queima de largada e, por esse motivo, perdeu contato com o primeiro pelotão. “Essa era uma corrida para eu terminar entre os oito ou dez primeiros. Chegamos 15 segundos atrás do time da França, o oitavo colocado, e essa diferença representa mais ou menos o tempo que perdi com a penalização”, ressaltou Khodair.

O inglês Martin Stoney, chefe da equipe libanesa, também ressaltou o bom desempenho do brasileiro. “O Allam mostrou uma ótima percepção do carro e mostrou ter muita velocidade. O engenheiro é novo no time, mas acho que iniciamos uma nova fase com tamanha evolução nesse final de semana. Estávamos no mesmo ritmo dos três primeiros na corrida e isso é muito motivador para todos nós”, declarou Stoney.

A vitória na Feature Race em Xangai ficou com o time da Nova Zelândia. O resultado, no entanto, não foi suficiente para impedir que a Alemanha conquistasse o título por antecipação após receber a bandeirada em terceiro. Na Sprint Race a vitória foi do time da Grã-Bretanha.

Após a etapa da China da A1GP resta apenas uma rodada para o fim do calendário. Ela será disputada no dia 29 de abril no circuito inglês de Brands Hatch. Allam Khodair chega ao Brasil nesta segunda-feira e já se prepara para a etapa de abertura da Stock Car Brasil, que será realizada no próximo domingo (22/4), no Autódromo de Interlagos. “Foi bom voltar ao Brasil após ter conseguido uma evolução significativa na A1GP. Essa era nossa meta para a etapa da China e conseguimos cumpri-la. A Stock Car continua sendo meu principal foco neste ano e espero completar uma boa corrida na abertura da temporada”, finalizou Khodair.

Os resultados completos das duas corridas do fim de semana na China são os seguintes:

Sprint Race
1) Robbie Kerr (Grã-Bretanha), 10 voltas em 16min04s825
2) Jonny Reid (Nova Zelânida), a 0s385
3) Nico Hülkenberg (Alemanha), a 2s515
4) Sebastien Buemi (Suíça), a 6s123
5) Jonathan Summerton (Estados Unidos), a 7s107
6) Alex Yoong (Malásia), a 11s157
7) Narain Karthikeyan (Índia), a 11s826
8) Alan van der Merwe (África do Sul), a 16s753
9) Renger van der Zande (Holanda), a 17s137
10) Enrico Toccacelo (Itália), a 18s201
11) Congfu Cheng (China), a 18s790
12) Richard Lyons (Irlanda), a 19s407
13) Ananda Mikola (Indonésia), a 21s555
14) Vitor Meira (Brasil), a 24s231
15) Sergio Perez (México), a 25s046
16) Ian Dyk (Austrália), a 28s852
17) Filip Salaquarda (República Tcheca), a 29s091
18) Allam Khodair (Líbano), a 30s482
19) Joao Urbano (Portugal), a 33s789
20) Nur Ali (Paquistão), a 49s433
21) Sean McIntosh (Canadá), a 3 voltas
22) Jean Karl Vernay (França), a 3 voltas

Feature Race
1 Jonny Reid (Nova Zelânida), 38 voltas em 1h08min13s498
2 Robbie Kerr (Grã-Bretanha), a 1s567
3 Nico Hülkenberg (Alemanha), a 3s185
4 Renger van der Zande (Holanda), a 5s661
5 Richard Lyons (Irlanda), a 10s381
6 Sean McIntosh (Canadá), a 12s298
7 Enrico Toccacelo (Itália), a 13s171
8 Jean Karl Vernay (França), a 14s943
9 Sebastien Buemi (Suíça), a 15s263
10 Filip Salaquarda (República Tcheca), a 21s785
11 Alex Yoong (Malásia), a 22s331
12 Alan van der Merwe (África do Sul), a 25s714
13 Joao Urbano (Portugal), a 28s900
14 Allam Khodair (Líbano), a 29s276
15 Congfu Cheng (China), a 30s395
16 Ananda Mikola (Indonésia), a 49s698
17 Narain Karthikeyan (Índia), a 54s586
18 Nur Ali (Paquistão), a 2 voltas
19 Vitor Meira (Brasil), a 4 voltas
20 Jonathan Summerton (Estados Unidos), a 14 voltas
21 Ian Dyk (Austrália), a 21 voltas
22 Sergio Perez (México), a 36 voltas

Campeonato:
1) Alemanha 113 pontos
2) Nova Zelândia 90
3) Grã-Bretanha 76
4) França 60
5) Malásia 51
6) Holanda 50
7) Suíça 50
8) Itália 40
9) Estados Unidos 37
10) México 35

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *