AutoGP: Kimiya Sato vence as duas provas na Hungria

O japonês Kimya Sato (Euronova) venceu as duas provas disputadas no Circuito de Hungaroring, em Budapeste, na Hungria, válidas pela terceira etapa da temporada.


Prova 1:

No sábado, após largar da 9ª posição (foi atrapalhado pela forte chuva que atingiu o autódromo durante a classificação), Sato, em uma prova fantástica, recebeu a bandeirada em primeiro. O húngaro Tamas Pal Kiss (Zele) e o italiano Andrea Roda (Virtuosi UK) completaram o pódio.

Pole, o alemão Markus Pommer (Super Nova) perdeu a ponta para Kiss no final da primeira volta. Sato, logo na primeira curva já era o quarto colocado. Na 11ª volta, Sato superou Pommer, pelo segundo lugar. Kiss, na liderança, tinha 3s5 de vantagem.

Com pneus mais gastos, Kiss e Pommer foram para os pits na 13ª volta. Nos boxes, a Super Nova se atrapalhou com Pommer, que caiu para sexto. A roda esquerda traseira do carro saiu nos pits.

Sato foi o último a fazer o seu pit stop. Com uma sequencia de voltas rápidas, o japonês abriu vantagem suficiente para entrar nos boxes, faltando três voltas para o final, e sair em primeiro.

Com problemas nos pneus dianteiros, Sato perdeu rendimento, e Kiss se aproximou nas duas últimas voltas. No final, Sato venceu com 1s2 de vantagem. Roda conquistou o seu primeiro pódio na categoria.

O italiano Kevin Giovesi (Eurotech) terminou em quarto, seguido pelo belga Sam Dejonghe (Virtuosi UK) e o japones Yoshitaka Kuroda (Zele). Pommer terminou em sexto, mas foi punido com 35 segundos, pelo erro nos pits.

Final, prova 1:

1 – Kimiya Sato – Euronova – 23 voltas em 37’20″978
2 – Tamas Pal Kiss – Zele – 1″215
3 – Andrea Roda – Virtuosi UK – 13″172
4 – Kevin Giovesi – Eurotech – 23″250
5 – Sam Dejonghe – Virtuosi UK – 30″985
6 – Markus Pommer – Super Nova – 43″547
7 – Yoshitaka Kuroda – Zele – 1’05″333
8 – Michele La Rosa – MLR71 – 1’10″672
9 – Vittorio Ghirelli – Super Nova – 1’10″862
10 – Michela Cerruti – Super Nova – 1’28″461

Abandonos:
Loris Spinelli – Eurotech – 21 voltas
Giuseppe Cipriani – Ibiza – 18 voltas

Prova 2:

Neste domingo (04/05), Sato completou a dobradinha do final de semana. Atual campeão, Vittorio Ghirelli (Super Nova) terminou em segundo, seguido por Dejonghe.

Oitavo no grid, devido ao grid invertido com os oito primeiros na primeira prova, Sato fez outra grande largada, endo quarto na primeira curva.

Com a mesma estratégia de sábado, Sato adiu ao máximo a parada nos boxes, e emendou uma sequencia de voltas rápidas. O japonês foi o único a andar abaixo de 1m35s. Nos pits, Sato superou Ghirelli, pela liderança.

No final o japonês venceu com 7s2 de vantagem. Ghirelli, que neste ano também disputa a Indy Lights, foi o segundo, seguido por Dejonghe.

Giovesi, Roda e Pommer completaram os seis primeiros.

Sato lidera o campeonato com 114 pontos, seguido por Kiss com 75.

A próxima etapa acontece em Monza, na Itália,     entre os dias 31 de maio e 01 de junho.

Final, prova 2:

1 – Kimiya Sato – Euronova – 18 voltas em 29’41″627
2 – Vittorio Ghirelli – Super Nova – 7″220
3 – Sam Dejonghe – Virtuosi UK – 10″668
4 – Kevin Giovesi – Eurotech – 14″546
5 – Andrea Roda – Virtuosi UK – 15″129
6 – Markus Pommer – Super Nova – 21″235
7 – Tamas Pal Kiss – Zele – 21″511
8 – Loris Spinelli – Eurotech – 34″861
9 – Michele La Rosa – MLR71 – 38″489
10 – Michela Cerruti – Super Nova – 39″275
11 – Yoshitaka Kuroda – Zele – 59″009

Abandonos:
Giuseppe Cipriani- Ibiza – 8 voltas

Campeonato:
1.Sato 114 pontos; 2.Pal-Kiss 75; 3.Pommer 65; 4.Giovesi 58; 5.Roda 53; 6.Dejonghe 41; 7.La Rosa e Cerruti 36; 9.Cipriani 21; 10.Ghirelli 19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *