Automobilismo Nacional: Novo autódromo é inaugurado na Bahia

Complexo esportivo em São Francisco do Conde abriu seu circuito para corridas de Velocidade na Terra. Projeto ainda prevê construção de pistas de kart, de asfalto e de arrancada

Após anos de muita dedicação, ao ponto de conseguir realizar provas de Stock Car nas ruas de Salvador, a presidente da Federação de Automobilismo da Bahia (FAB), Selma Moraes, teve uma razão a mais para comemorar o réveillon na praia do Forte: a inauguração do Autódromo Internacional da Bahia, ocorrida no último dia 20 de dezembro, com a abertura da pista de Velocidade na Terra.

Mesmo com toda a infraestrutura em fase de início de construção, a FAB, com o apoio da Prefeitura Municipal de São Francisco do Conde, promoveu uma grande festa para terminar o ano com provas de Velocidade na Terra e outros eventos ligados ao esporte motor. Cerca de 20 clubes de marcas de veículos e colecionadores participaram com exposição de equipamentos de competição e carros antigos.

Cleyton Pinteiro, Presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) esteve presente na inauguração, acompanhado do presidente da Comissão Nacional de Velocidade (CNV), Waldner Dadai Bernardo. “Terminamos 2015 com mais essa conquista. Um novo autódromo brasileiro está nascendo com o mérito do trabalho da presidente Selma (Moraes) da Federação de Automobilismo da Bahia”, comemorou Pinteiro.

Mas o que já é uma realidade para a mandatária da FAB, representa apenas o início de trabalho no terreno de 850.000m² (Interlagos tem 1.000.000m²). “O Autódromo Internacional da Bahia vai dar uma alavancada grande no desenvolvimento econômico para toda a região e para o próprio estado, que terá uma grande praça esportiva”, conta Evandro Almeida, prefeito de São Francisco do Conde.

São Francisco do Conde tem como característica marcante as posições nos seguintes rankings medidos em 2011: 21º maior PIB per capita do país e segundo município da Bahia em IDH – Índice de Desenvolvimento Humano, só perdendo para Salvador. 

O projeto segue a verve turística do estado de ser mais um ponto turístico a ser explorado, assim como os grandes projetos de entretenimento que acontecem na Bahia. Além do aspecto natural, São Francisco do Conde oferece um paisagismo exuberante com áreas de vegetação serrana e vista para a Baía de Todos os Santos. “Nós teremos três formas de chegar ao autódromo: por ar, por terra (67 quilômetros) e por mar (20 minutos) pela Baía de Todos os Santos”, conta Selma.

A pista de Velocidade na Terra tem 1.700 metros de extensão com 14 metros de largura. O projeto conta também com uma pista de kart de 1.780 metros, pista de motocross e outra exclusiva para arrancada, com 800 metros de comprimento. O traçado e os inúmeros itens de segurança foram projetados pelo arquiteto e piloto de kart Paulo Cunha, com a consultoria direta do presidente da Comissão Nacional de Circuitos da CBA, Jhonny Bonilla.

“É um projeto grandioso e merece uma atenção de secretarias ligadas ao turismo do estado. Tem muito trabalho pela frente”, lembra Jhonny Bonilla. Em breve a FAB divulgará o calendário dos eventos programados para 2016, como o Campeonato Baiano de Velocidade na Terra e a etapa do campeonato brasileiro da modalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *