Blancpain Sprint Series: Laurens Vanthoor e Robin Frijns vencem as duas provas em Zolder

A dupla formada pelo belga Laurens Vanthoor e o holandês Robin Frijns (Belgian Audi Club Team WRT Audi) venceu as duas provas disputadas em Zolder, na Bélgica, válidas pela terceira etapa da temporada.

Prova classificatória:

No sábado (06/06), aconteceu a prova classificatória. Vanthoor alinhou na pole e liderou até a parada nos boxes, na metade da prova. Frijns assumiu o comando do Audi R8 LMS Ultra e manteve o desempenho até o final, recebendo a bandeirada com 5s5 de vantagem sobre Marco Seefried (Rinaldi Racing/Ferrari 458 Italia), parceiro de Norbert Siedler.

A dupla Vincent Abril, Maximilian Buhk (Bentley Team HTP Bentley Continental GT3) completou o pódio.

A dupla Niki Mayr-Melnhof, Markus Winkelhock (Phoenix Racing Audi R8 LMS Ultra) terminou em quarto.

A dupla brasileira Atila Abreu, Valdeno Brito Filho (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4) recebeu a bandeirada em quinto. Os compatriotas e parceiros de equipe Cacá Bueno/Sergio Jimenez terminaram em sétimo.

“Depois de uma punição injusta, onde eu já estava garantido no Q3, com o sexto melhor tempo, largar em 15º e terminar em quinto foi realmente muito bom”, comemorou Brito.

“Mas, por sorte, na largada, o Valdeno largou bem, se posicionou bem e conseguiu se livrar do acidente. Ele pulou pra sexto e isso mudou o panorama da corrida. Optamos por parar logo na abertura da janela e fomos muito bem.”, declarou Abreu.

Já Jimenez lamentou o acidente na largada, que prejudicou a dupla do carro 0. “Larguei bem, me posicionei bem, escapei da batida que teve ao meu lado, mas o outro Audi bateu e veio rodando. Consegui escapar, porque ia ser uma batida forte. Levei o carro até a brita e consegui não encalhar. Foi ruim, mas consegui me safar e isso salvou a corrida”, explicou o piloto de Piedade, no interior de São Paulo.

“Vim num bom ritmo e passei cinco carros. Fizemos o segundo pit stop mais rápido e o Cacá manteve um ótimo ritmo. Passou vários carros. Na última volta, ele chegou a passar o Nissan, que estava em sexto, mas perdeu a posição na linha de chegada, em virtude da menor potência que temos.”, finalizou Jimenez.

Final, prova classificatória:

1 R.Frijns, L.Vanthoor Belgian Audi Club Team WRT Audi 39 voltas em 1h00m25s790
2 M.Seefried, N.Siedler    Rinaldi Racing    Ferrari    5.563s
3 V.Abril, M.Buhk Bentley Team HTP Bentley 12.707s
4 N.M.-Melnhof, M.Winkelhock Phoenix Racing Audi 19.126s
5 V.Brito, A.Abreu BMW Sports Trophy Team Brasil BMW 24.360s
6 S.Walkinshaw, C.Dolby    MRS GT Racing Nissan 43.512s
7 C.Bueno, S.Jimenez BMW Sports Trophy Team Brasil BMW    43.580s
8 J.Szymkowiak, T.Dillmann Bentley Team HTP Bentley    43.739s
9 C.Mies, E.Ide    Belgian Audi Club Team WRT Audi    51.899s
10 F.Salaquarda, M.Bonanomi ISR    Audi 1m01.867s
11 A.T.Taxis, P.Kox Reiter Engineering Lamborghini 1m02.303s
12 A.Karachev, B.Schneider GT Russian Team Mercedes 1m10.300s
13 A.Vasiliev, M.Asmer GT Russian Team    Mercedes 1m11.824s
14 T.Fjordbach, A.Fjordbach ISR    Audi 1m25.715s
15 N.Armindo, P.Wlazik Attempto Racing    McLaren    10 voltas
– S.Ortelli, S.Richelmi    Belgian Audi Club Team WRT Audi   
– J.Nash, F.Stippler Belgian Audi Club Team WRT    Audi   
– K.Estre, R.Bell Attempto Racing McLaren   

Prova principal:

Neste domingo (07/06) foi disputada a prova principal. E mais uma vez, domínio de Vanthoor/Frijns, com pole e vitória de ponta a ponta. Vanthoor cruzou a linha de chegada com 9s9 de vantagem sobre Buhk.

Brito/Abreu completaram o pódio. Durante o pits stop a dupla enfrentou um problema com o cinto de segurança, perdendo a segunda posição.

No final, Brito foi pressionado por Jimenez, com os dois carros da equipe brasileira recebendo a bandeirada, separados por apenas 0s5.

“Um final de semana que começou quase perdido, com a perda da melhor volta no classificatório e que nos fez largar de 15º na prova de sábado. Terminar a Corrida Principal no pódio é mérito do trabalho de toda a equipe. Infelizmente, hoje, tivemos um problema com o cinto de segurança, que nos fez perder a segunda posição nos boxes, mas creio que o terceiro lugar era mesmo o melhor que poderíamos”, comentou o paraibano Valdeno Brito.

“No final, como não dava para atacar o segundo colocado, apenas administrei a vantagem para o Jimenez, tentando não cometer erros, pois o carro começou a ficar desequilibrado. Estar em segundo lugar em um campeonato mundial é realmente muito gratificante”, comemorou o piloto, que ao lado de Abreu já tinha subido ao pódio em Brands Hatch, na Inglaterra, com dois segundos lugares.

Abreu também deixou a pista belga bastante satisfeito. “Um final de semana bem difícil, bem tumultuado, mas junto com a equipe conseguimos fazer a ‘lição de casa’ e sair com mais um pódio. Três pódios em quatro corridas nos deixa muito felizes. Quando a gente lembra que largamos em 15º ontem, nem mesmo o mais otimista poderia imaginar que brigaríamos pelo pódio, mas com a boa largada do Valdeno ontem, a gente chegando em quinto, animou um pouco mais”, lembrou o piloto de Sorocaba, no interior de São Paulo.

“Hoje, sabíamos que para ter alguma chance, precisaríamos largar bem e consegui largar melhor do que eu esperava, pulando para segundo. Fizemos o pit logo que abriu a janela, mas pela primeira vez tivemos um problema e não conseguíamos encaixar o cinto. Eu e o Valdeno ‘batemos um pouco a cabeça ali’ e perdemos um tempo precioso, o que nos custou a segunda posição. Mas foi um resultado dentro do ritmo que nós tínhamos. Estamos muito felizes, somos vice-líderes do campeonato, mesmo não tendo disputado uma corrida, a equipe vem fazendo um grande trabalho, só temos a comemorar e continuar trabalhando para extrair resultados cada vez melhores, e seguir na briga pelo título”, finalizou Abreu.

Já Jimenez lamentou não terem chegado ao pódio. “Trabalhamos bem. Perdemos o pódio na largada de ontem, principalmente. Hoje, também teve um acidente logo na largada e o Cacá teve de frear e perdemos um pouco. Em compensação, nosso pit foi ótimo, tanto que ganhamos como o melhor pit stop do fim de semana. Para a equipe foi um grande resultado, mas para o carro 0 fica o gosto amargo do quase pódio novamente”, disse Jimenez, que ao lado de Cacá, ocupa a sexta posição no campeonato.

Vanthoor/Frinjs lideram o campeonato com 68 pontos, seguidos por Abreu/Brito com 41.

A próxima etapa do Sprint Series será entre os dias 3 a 5 de julho, nas ruas de Moscou, na Rússia.

Final, prova principal:

1 R.Frijns, L.Vanthoor Belgian Audi Club Team WRT Audi 39 voltas em 1h00m26s711
2 V.Abril, M.Buhk Bentley Team HTP Bentley 9.944s
3 V.Brito, A.Abreu BMW Sports Trophy Team Brasil BMW 13.609s
4 C.Bueno, S.Jimenez BMW Sports Trophy Team Brasil BMW    14.041s

5 N.M.-Melnhof, M.Winkelhock Phoenix Racing    Audi    19.289s
6 J.Szymkowiak, T.Dillmann Bentley Team HTP    Bentley    21.671s
7 S.Ortelli, S.Richelmi    Belgian Audi Club Team WRT    Audi    22.635s
8 F.Salaquarda, M.Bonanomi ISR    Audi 29.817s
9 A.T.Taxis, P.Kox Reiter Engineering Lamborghini    30.631s
10 S.Walkinshaw, C.Dolby MRS GT Racing    Nissan    40.606s
11 N.Armindo, P.Wlazik    Attempto Racing    McLaren    58.120s
12 T.Fjordbach, A.Fjordbach ISR    Audi 1m02.487s
13 A.Karachev, B.Schneider GT Russian Team Mercedes 1m02.962s
– C.Mies, E.Ide    Belgian Audi Club Team WRT Audi   
– K.Estre, R.Bell Attempto Racing McLaren   
– M.Seefried, N.Siedler    Rinaldi Racing    Ferrari   
– J.Nash, F.Stippler Belgian Audi Club Team WRT    Audi   
– A.Vasiliev, M.Asmer GT Russian Team Mercedes   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *