Campeonato Brasileiro de Turismo: Casagrande confirma a pole e vence

Mas não foi fácil para o piloto da C2, que perdeu a ponta na largada, a recuperou de maneira espetacular e superou bolhas no pé por causa das altas temperaturas dentro do carro

O Campeonato Brasileiro de Turismo fez na tarde deste sábado (5) em Curitiba (PR) a primeira corrida da temporada 2016. A vitória foi de quem saiu na pole position: Gabriel Casagrande. Porém, a jornada do piloto da C2 Team não foi nada fácil. Primeiro, ele perdeu a ponta na largada para Edson Coelho. Depois, após ter recuperado a ponta, as altas temperaturas dos pedais provocaram queimaduras, e o paranaense teve de lidar com bolhas nos pés para ser o primeiro vencedor da temporada.

“Eu me sinto muito bem. Melhor ainda depois de tudo que passamos. Tive uma situação muito ruim nesta corrida. Meu pé estava literalmente queimando; estou mancando um pouco e é isso o que significa esta equipe: superação”, afirmou.

Casagrande recuperou a liderança com uma manobra espetacular sobre Edson Coelho, da W2 Racing. O piloto da C2 passou o adversário por fora na primeira curva do traçado. Mas ele lembra da dificuldade na pilotagem por causa dos pedais quentes. “Eu sabia que tinha um carro bom se eu precisasse ser mais agressivo, mas meu pé não estava me deixando ir mais rápido”, disse.

Apesar de não ter vencido, Edson Coelho avaliou sua estreia na W2 de maneira positiva. “É sempre muito bom. Casa nova, equipe em evolução, se adaptando às mudanças do regulamento. O time foi rápido no trabalho e o resultado foi este pódio. Faltou pouco, mas nas próximas corridas com certeza eu e a W2 vamos vir para a vitória”, destacou.

Atual campeão, Márcio Campos fechou o pódio com o terceiro lugar. A segunda corrida do Brasileiro de Turismo em Curitiba acontece neste domingo (6) com largada às 9h10 e transmissão ao vivo do SporTV. Com o grid definido pela inversão dos seis primeiros colocados da prova de hoje, Marco Cozzi vai largar na frente, seguido de Gustavo Myasava, Gabriel Robe, Márcio Campos, Edson Coelho e Gabriel Casagrande em sexto. A prova terá 30 minutos mais uma volta, uma parada obrigatória de box e os pilotos terão direito a quatro acionamentos do botão de ultrapassagem (push to pass).

Corrida 1*:
1-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Team) – 17 voltas em 26min44s043 (média de 141,0 km/h)
2-) 99 Edson Coelho (W2 Racing) – a 1s619
3-) 31 Marcio Campos (Motortech Competições) – a 5s510
4-) 35 Gabriel Robe (Motortech Competições) – a 13s063
5-) 69 Gustavo Myasava (J. Star Racing) – a 13s273
6-) 23 Marco Cozzi (C2 Team) – a 14s002
7-) 77 Raphael Reis (Hitech Racing) – a 23s168
😎 2 Mauri Zacarelli (Nascar Motorsport) – a 33s292
9-) 111 Lukas Moraes (RR Racing) – a 34s760
10-) 33 Antonio Matiazi (RZ Motorsport) – a 42s396
11-) 17 Pietro Rimbano (Voxx Racing) – a 1 volta
12-) 79 Adibe Marques (Voxx Racing) – a 4 voltas
NÃO COMPLETARAM
13-) 9 Felipe Donato (J. Star Racing) – a 9 voltas
14-) 86 Gustavo Frigotto (R K L Motorsports 2) – a 10 voltas
15-) 128 Dennis Dirani (W2 Racing) – a 14 voltas
MELHOR VOLTA: Gabriel Casagrande, 1min26s545 (153,7 km/h)
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *