Campeonato Brasleiro de Turismo: Márcio Campos é campeão brasileiro de Turismo

Em corrida tensa, vencida por Felipe Guimarães, gaúcho terminou em 14º e fechou a temporada com quatro pontos à frente do vice-campeão Dennis Dirani, que terminou a prova na terceira posição

A principal categoria de acesso à Stock Car consagrou na manhã deste domingo (13) em Interlagos o seu mais novo campeão. Márcio Campos, piloto gaúcho da Motortech Competições, garantiu a conquista com um 14º lugar e quatro pontos a mais que Dennis Dirani, aniversariante do dia que fechou a prova na terceira posição e a temporada como vice-campeão.

A corrida foi vencida por Felipe Guimarães, que largou da pole position e foi seguido o todo por Edson Coelho Jr. Com claros sinais de tensão desde o início da prova, logo após a largada seis carros se envolveram em um acidente na reta oposta – e incluiu Campos – e obrigou a entrada do safety car.

O piloto da Motortech teve de parar nos boxes para fazer reparos, perdendo uma volta em relação aos líderes, mas conseguiu voltar à pista na 14ª posição. Com Dennis Dirani em terceiro, a disputa ainda assim terminaria com o gaúcho campeão. E assim terminou a corrida, para alívio de sua equipe.

“A gente merecia o título pela campanha que fizemos. Essa equipe é maravilhosa. Eu tinha um carro muito bom hoje para ir para cima, porque a classificação havia sido um acaso – peguei tráfego, me dei mal – e tomar essa pancada na primeira volta era algo que não merecíamos, pela campanha que fizemos e pela qualidade de todo o time”, disse o novo campeão. 

“Felizmente deu para trazer o carro de volta e nem sei como ele aguentou com a barra de direção toda torta. Só tenho a agradecer, estou sem palavras neste momento. Foi uma das corridas mais tensas da minha vida – todas as finais foram assim: teve corrida que eu tinha de chegar em sétimo para ser campeão e eu terminava em sétimo, então esta foi mais uma para entrar na história. A tensão era tão grande que eu e o chefe de equipe ficamos quietos, só concentrado em levar o carro para casa. O silêncio era a maior prova da tensão desta corrida”, concluiu.

Dennis Dirani, que encerra hoje sua primeira temporada no automobilismo após tantos anos no kart, não mostrou decepção alguma. Pelo contrário. “Foi ótimo. O que tem de ser, deixa rolar. Eu já estava feliz com o vice, é minha primeira temporada no automobilismo. Quase deu, com os problemas que o Márcio teve, mas ele é merecedor; teve seis vitórias no ano, uma temporada fantástica para ele, um cara do bem. Fico feliz por ele, por mim e por toda a equipe, que é nova, tudo novo. Hoje faz um ano e três dias que tive meu primeiro contato com a Shell e concretizar desta maneira é sensacional. Parabéns ao Márcio”, finalizou o paulistano, que promete tentar o título em 2016.

Resultado da oitava e última etapa*:

1-) 66 Felipe Guimarães (W2 Racing) – 20 voltas em 38min10s304 (média de 135,6 km/h)

2-) 99 Edson Coelho (J. Star Racing) – a 0s609

3-) 128 Dennis Dirani (Voxx Racing) – a 7s097

4-) 28 Danilo Dirani (Bravar) – a 15s492

5-) 35 Gabriel Robe (Motortech Competições) – a 17s113

6-) 69 Gustavo Myasava (J Star Racing) – a 17s456

7-) 79 Adibe Marques (Voxx Racing) – a 38s737

8 -) 36 Flavio Matheus (Nascar) – a 39s169

9-) 17 Pietro Rimbano (C2 Team) – a 43s415

10-) 11 Pedro Boesel (R Sports) – a 55s779

11-) 86 Gustavo Frigotto (R K L Motorsports) – a 56s714

12-) 84 Fernando Croce (Hitech Racing) – a 1min42s791

13-) 23 Marco Cozzi (W2 Racing) – a 1 volta

14-) 31 Marcio Campos (Motortech Competições) – a 2 voltas

15-) 111 Lukas Moraes (RR Racing) – a 5 voltas

NÃO COMPLETARAM

16-) 55 Renato Braga (R K L Motorsports) – a 18 voltas

17-) 33 Antonio Matiazi (R K L Motorsports) – a 19 voltas

18-) 2 Mauri Zacarelli (R Sports) – a 38 voltas

19-) 38 Duilio Squassoni (Bravar) – a 38 voltas

20-) 52 Victor Amorim (R Sports 2) – a 38 voltas

MELHOR VOLTA: Edson Coelho, 1min47s828 (144,0 km/h)

*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

1-) Márcio Campos – 175 pontos

2-) Dennis Dirani – 171

3-) Edson Coelho – 136

4-) Gabriel Robe – 125

5-) Pedro Boesel – 123

6-) Marco Cozzi – 120

7-) Felipe Guimarães – 117

8 -) Danilo Dirani – 113

9-) Adibe Marques – 105

10-) Gustavo Myasava – 83

11-) Felipe Donato – 67

12-) Renato Braga – 59

13-) Lukas Moraes – 57

14-) Renato Jader David – 56

15-) Antonio Matiazi – 56

16-) Mauri Zaccarelli – 46

17-) Flavio Matheus – 42

18 -) Tito Morestoni – 31

19-) Gustavo Frigotto – 24

20-) Marco Tulio – 17

21-) Pietro Rimbano – 16

22-) Gustavo Lima – 11

23-) Fernando Croce – 10

24-) Victor Amorim – 9

25-) Wilson da Costa Jr. – 4 

CAMPEONATO DE EQUIPES – FINAL

1-) Motortech Competições – 300 pontos

2-) Voxx/Shell Racing = 276

3-) W2 Racing – 237

4-) J.Star Racing – 219

5-) RSports – 168

6-) RKL Motorsports – 115

7-) Bravar – 113

8 -) Hitech Racing – 107

9-) Nascar Motorsport – 71

10-) RR Racing – 57

11-) C2 Team – 37

12-) RKL 2 – 24

13-) Motortech – 22

14-) Nascar 2 – 18

15-) RSports 2 – 8

16-) C2 Motorsport – 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *