Capacete de Ouro: Revista Racing premiou os melhores do automobilismo em 2015

Com a presença maciça de pilotos e navegadores de todo o País, o ‘Oscar’ do automobilismo brasileiro foi marcado por homenagens emocionantes.

Não é toda festa que pode contar com cinco títulos mundiais de F1 e cinco vitórias nas 500 Milhas de Indianapolis no seu palco. As presença de Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi e Hélio Castroneves foram apenas um pouco do que aconteceu na 19ª edição do Capacete de Ouro, o ‘Oscar’ do automobilismo nacional, que diante de 500 convidados premiou na noite da última quarta-feira (11/11) os melhores pilotos e navegadores brasileiros de 2015, resgatou a história e prestou emocionadas homenagens aos ídolos deste esporte a motor. 

“Acho que este foi o Capacete de Ouro mais emotivo destes 19 anos de nossa história. Nesta noite vivemos momentos lindos que emocionaram a todos e ficará marcado para sempre em nossa memória. Muito obrigado a estes pilotos, navegadores e especialistas do automobilismo que nos devolveram as lágrimas da emoção relembrando seus atos heróicos”, comentou Isabel Reis, vice-presidente da Motorpress Brasil, que edita a revista especializada Racing.

A maior premiação do automobilismo nacional contemplou os três melhores de cada uma das 14 categorias do concurso. Entre os pilotos que representam o Brasil mundo afora, mais novo integrante da categoria máxima do automobilismo, o brasiliense Felipe Nasr ficou com o Capacete de Ouro na modalidade Fórmula 1. Na Top o campeão foi o três vezes vencedor das 500 Milhas de Indianapolis Hélio Castroneves, enquanto que na Internacional Top a primazia ficou com Christian Fittipaldi, sobrinho de Emerson, bicampeão de F1 e duas vezes ganhador das 500 Milhas de Indianapolis, que também abrilhantou o evento. Na Internacional, o jovem paulista Vitor Baptista foi o agraciado. 

Outro sobrenome famoso levou o prêmio: Pedro Piquet, filho mais novo do tricampeão mundial de F1 Nelson Piquet, que recebeu das mãos de seu irmão Nelsinho o seu segundo Capacete de Ouro consecutivo na categoria Fórmula 3. Nas modalidades de iniciação no automobilismo, o garotinho pernambucano Rafael Câmara faturou na categoria Revelação, enquanto que o paulista Caio Collet levou na Kart.

Já entre os que correm em dupla na terra levantando poeira e espalhando adrenalina, o paulista Reinaldo Varela em dupla com o catarinense Gustavo Gugelmin levou novamente o Capacete de Ouro na categoria Off-Road, enquanto que o gaúcho Ulysses Bertholdo, agora com o navegador Alessander Soares conquistou na Rali.

Nos carros fechados que correm em asfalto, o colegiado de cerca de 60 jornalistas, fotógrafos e especialistas convidados pela revista Racing escolheu Marcos Gomes, filho do tricampeão Paulo Gomes como o melhor na Stock Car, o ex-piloto da Fórmula Indy Vitor Meira na Brasileiro de Marcas, e o piloto de Fórmula Truck Felipe Giaffone na Nacional.

Nas principais categorias monomarcas do Brasil, o paulista Peter Michel Gottschalk levou o Capacete de Ouro na Mercedes-Benz C250 Cup e o gaúcho Fernando Júnior na Mercedes-Benz CLA AMG Cup.

HOMENAGENS

Como em todas as edições o Capacete de Ouro prestou importantes homenagens. A primeira foi para Nelson Ângelo Piquet, que recebeu um Capacete de Ouro especial pintado por Alan Mosca, pelo seu título de campeão mundial da Fórmula E. “A Isabel (Reis) operou um milagre e conseguiu reunir toda a nossa família aqui. Estamos em cinco irmãos e só faltou um”, disse o ex-F1, citando a homenagem para toda a família Piquet no palco.

O ponto culminante do Capacete de Ouro 2015 foi a comemoração dos 25 anos da última dobradinha de pilotos brasileiros na Fórmula 1, com a vitória de Nelson Piquet e a segunda colocação de Roberto Pupo Moreno no GP do Japão em 1990. 

Além de reunir os dois amigos de Brasília, o momento mais emocionante do evento foi o agradecimento de Moreno a todo o apoio que Piquet lhe deu no começo da carreira, em 1979, e o depoimento emocionado que deu sobre toda a história daquela histórica dobradinha. 

Chorando compulsivamente enquanto tentava falar, e levando todo o público às lágrimas, Pupo Moreno ainda encerrou com “Basta um desejo para ultrapassar todas as dificuldades. Muito obrigado Nelson, grande irmão”. 

MOMENTOS

Outros grandes momentos fizeram parte da festa anual. Emerson Fittipaldi, ao lado do empresário Rogério Raucci apresentaram o projeto ‘Piloto do Futuro’, um incentivo aos novos talentos das categorias de base do kartismo, em ação realizada em conjunto pela Dolly, a equipe RR Racing e a revista RACING. “A Racing vai apoiar e integrar o projeto Piloto do Futuro, e criará várias ações para ajudar no crescimento do automobilismo de base e o desenvolvimento dos novos pilotos. Tudo isto irá incrementar a festa dos 20 anos do Capacete de Ouro”, avisa Isabel Reis. 

O Capacete de Ouro 2015 também foi palco da premiação da ‘Cascavel de Ouro’, tradicional prova paranaense de endurance que completou 29 edições, que teve como vencedores a dupla Natan Sperafico/Ricardo Sperafico.

Também foi apresentado um vídeo exclusivo do atual campeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton parabenizando os pilotos do Mercedes-Benz Challenge, que vão correr a preliminar do GP do Brasil, além da exposição de carros de corrida e de passeio da marca alemã.

Aconteceu no evento o lançamento da categoria Formula 7, uma homenagem aos karts Mini dos anos 1960 e que em 2016 vão fazer parte de um novo Campeonato, no Kartódromo Arena Brasil Kirin em Itu, em parceria com o Speedteam. 

Também foram expostos uma réplica de Fórmula 1 da marca Pirelli e pneus da marca italiana que equipam 95% das categorias nacionais de pista, além da exclusividade na F1; o Stock Car de Rubens Barrichello da equipe Medley, ao lado de um simulador de corrida; um carro da Copa Petrobras de Marcas, organizada pela Vicar; e um Fórmula Inter, nova categoria do automobilismo nacional.

APURAÇÃO DO RESULTADO

Para chegar ao nome dos vencedores do prêmio Capacete de Ouro 2015, numa primeira fase de seleção, os três melhores de cada uma das 14 categorias do concurso foram selecionados pelo critério técnico do regulamento, presente nas últimas edições da revista Racing, que leva em consideração os resultados oficiais dos pilotos e navegadores em seus respectivos campeonatos até o dia 25 de outubro. 

Na segunda etapa um colégio eleitoral formado por jornalistas, fotógrafos e especialistas em automobilismo, que costumam acompanhar provas em autódromos, kartódromos e trilhas, escolheu apenas um entre os três primeiros finalista de cada categoria da maior premiação do automobilismo nacional. Aqueles que tiverem mais indicações receberam respectivamente o Capacete de Ouro, Prata e Bronze. 

O 19º Capacete de Ouro foi realizado pela Revista RACING, da editora Motorpress Brasil, com organização de CRJ Brasil, apresentado pela Mercedes-Benz, com patrocínio de Pirelli e apoio de Medley, Dolly, Renault e CBA. 

CAPACETE DE OURO 2015 – PREMIADOS

Fórmula 1:

Felipe Nasr – Ouro 

Felipe Massa – Prata

Top:

Helio Castroneves – Ouro

Tony Kanaan – Prata

Internacional Top:

Christian Fittipaldi – Ouro 

Lucas Di Grassi – Prata

João Paulo Oliveira- Bronze

Internacional:

Vitor Baptista – Ouro

Vinícius Paparelli – Prata 

Pedro Cardoso – Bronze

Stock Car:

Marcos Gomes – Ouro

Cacá Bueno – Prata 

Ricardo Maurício – Bronze

Fórmula 3 Brasil:

Pedro Piquet – Ouro

Arthur Fortunato – Prata 

Matheus Iorio – Bronze

Brasileiro de Marcas:

Vitor Meira – Ouro

Gustavo Martins – Prata

Nonô Figueiredo – Bronze

Mercedes-Benz CLA AMG Cup:

Fernando Júnior – Ouro

Adriano Rabelo – Prata

Cristian Mohr – Bronze

Mercedes-Benz C250 Cup:

Peter Michel Gottschalk – Ouro 

Luiz Sena Jr./Cleiton Campos – Prata

Betinho Sartório – Bronze

Nacional:

Felipe Giaffone – Ouro

Paulo Salustiano – Prata

Leandro Totti – Bronze

Rali:

Ulysses Bertholdo/Alessander Soares – Ouro 

Rafael Túlio/Gilvan Jablonski – Prata

Toninho Genoin/Maicol Souza – Bronze

Off-Road:

Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin – Ouro

Marcos Baumgart/Kleber Cincea – Prata

João Franciosi/Rafael Capoani – Bronze

Kart:

Caio Collet – Ouro 

Marcel Della Coletta – Prata

Olin Galli – Bronze

Revelação:

Rafael Câmara – Ouro

Pedro Braga – Prata

Diego Ramos – Bronze

Gabriel Crepaldi – Bronze

Mais informações no site: www.revistaracing.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *