ChampCar: Bourdais comenta sobre acidente

O francês Sébastien Bourdais comentou sobre o acidente na primeira volta do GP de Cleveland, disputado no domingo (25/06). O carro do canadense Paul Tracy voou por cima do carro do francês, que foi levado de ambulância para o centro medico do autódromo.

Apesar da aparência de gravidade do acidente, Bourdais já estava de volta, sem nenhum ferimento, aos boxes da Newman-Hass, nas voltas finais da prova.

 


 “Eu desmaiei, já que a pressão (do fundo do carro de Tracy) foi forte. Talvez seu pneu tenha batido em mim, mas foi o fundo que estava no topo da minha cabeça”, explicou Bourdais, logo após voltar do hospital. “Eu provavelmente perdi um pouco a consciência porque, depois que tudo parou, eu não sabia se era um sonho ou onde eu estava, e o que tinha acontecido. Não consegui perceber o que houve. Por exemplo, não me lembro do Kenny (Siwieck, assistente do chefe da equipe) me chamando três vezes ou de respondê-lo. Em algum ponto, eu comecei a ver as pessoas em volta do carro. Não sei o que aconteceu. Não vi o vídeo ainda, então não posso fazer comentários. Sei que não mudei minha linha, mas não sei como o Tracy veio parar na minha cabeça. Isso é o que pode acontecer quando você está roda a roda. Eu virei e a próxima coisa que eu sabia é que um carro estava no topo da minha cabeça. O design do carro me ajudou porque a cabeça não fica muito exposta. Se fosse o carro do Nigel (que o piloto andou antes da prova), de dez anos atrás, eu estaria com problemas”.


Bourdais lidera o campeonato e caminha para o tri-campeonato da ChampCar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *