ChampCar: Bruno Junqueira volta a Elkhart Lake para dois dias de testes

Pergunte a qualquer piloto de ponta de uma categoria top do automobilismo mundial e ele responderá sem pensar duas vezes: ao longo de uma temporada, há circuitos e… circuitos. Se algumas pistas não trazem desafio especial e acabam igualando os concorrentes ou premiando o melhor equipamento, outras são encaradas com ansiedade, por exigir um conjunto de circunstâncias para se chegar a bons resultados. Encravada no estado de Wisconsin, na região central dos EUA, Road America se encaixa na segunda situação. Com 6.510m de extensão, curvas de raios variados, variações de altitude e percorrido em uma média horária superior a 226 km/h, o traçado, não por acaso, é apelidado de “Spa-Francorchamps dos EUA”, numa referência à também tradicional pista belga.

Depois de dois anos de ausência do calendário da F-Mundial, devido a divergências entre a Champcar e os organizadores do evento, o GP de Elkhart Lake está de volta e, fiel à sua reputação, promete “separar os homens dos meninos”. Enquanto o dia 24 de setembro e a bandeira verde não chegam, os principais nomes e equipes do campeonato fazem, nesta quinta e sexta-feira, dois dias de testes de preparação para a reta final do campeonato. Para o mineiro Bruno Junqueira (Banco Rural/Telemont/Grupo A & C), é a oportunidade de se reencontrar com ótimas lembranças. Em Road America, o mineiro venceu sua primeira prova na categoria, ainda pilotando pela equipe Ganassi, depois de um fim de semana perfeito. Dois anos depois, conquistou sua primeira vitória pela Newman-Haas e, assim, iniciará a semana da corrida como último vencedor.

Além de se afastar um pouco dos muros e das curvas mais estreitas dos traçados provisórios, o piloto de Belo Horizonte espera aproveitar a oportunidade para experimentar modificações de acerto para as cinco corridas restantes. “É realmente um prazer voltar a guiar nesse circuito de que tanto gosto, e onde tive tantas corridas bem sucedidas. Road America é a melhor pista na Ámerica do Norte e fico muito contente que tenha voltado ao calendário da ChampCar depois de ausente por dois anos. Planejamos um treino de muito trabalho, para nos prepararmos bem para essas últimas cinco etapas do ano”, destaca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *