ChampCar: Categoria entra com pedido de falência

A ChampCar entrou, com pedido de falência na Corte dos Estados Unidos. A unificação com a IRL , no final de fevereiro, foi o último passo da categoria que assumiu o lugar da antiga CART no automobilismo norte-americano.

Fundada há quatro anos, após a falência da CART, a Champ Car vendeu todos os seus ativos – direitos sobre corridas e equipes – para a série comandada por Tony George por US$ 6 milhões (pouco mais de R$ 10 milhões), restando mais de US$ 12 milhões em dívidas, sendo 2 milhões para a Cosworth, que fornecia os motores da categoria.


O pedido de falência revelou que os diretores da Champ Car – os donos de equipe Kevin Kalkhoven, Gerald Forsythe, Paul Gentilozzi e Dan Pettit – entraram na Corte responsável no dia 14 de fevereiro, duas semanas antes da negociação com a IRL ser finalizada.


Em comunicado oficial, Gene Cottingham, vice-presidente da CC, declarou que a Champ Car não tinha condições financeiras de organizar o campeonato de 2008, e era inviável sustentar a categoria.


“Foi do melhor interesse para o esporte que alguns ativos fossem vendidos para a IRL para que só existisse uma categoria de monopostos nos EUA”, disse o dirigente.


A última corrida da série vencida nos quatro últimos anos por Sébastien Bourdais acontece no dia 19 de abril, em Long Beach, e vai contar pontos para o campeonato unificado da nova F-Indy. A organização vai ficar a cargo da IRL.


Fonte: Amigos da Velocidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *