ChampCar: Doornbos vence em San Jose

O holandês Robert Doornbos, do Minardi Team USA, venceu no domingo (29/07), o GP de San José. Foi a sua segunda vitória na temporada. Em 2º chegou o suíço Neel Jani, da PKV Racing, seguido pelo espanhol Oriol Serviá, da Forsythe.

A prova teve um início complicado para Doornbos e o líder da temporada Sébastien Bourdais, da Newman-Haas-Lanigan. O holandês teve que trocar o bico do carro, depois de bater na 2º volta e ficar parado na pista. O francês com problemas em seu Panoz-Cosworth caiu para a 8º posição.


Na 5º volta com a bandeira amarela o escocês Dan Clarke, do Minardi Team USA, tocou na traseira do líder da prova, o inglês Justin Wilson, da RPORTS. Clarke parou, trocando o bico do carro. Com a parada de Wilson nos boxes a liderança passou para o espanhol Oriol Serviá, da Forsythe.


Com bandeira verde, Clarke bateu e perdeu o bico de novo, desta vez abandonando a prova. A inglesa Katherine Legge, da Dale-Coyne também achou o muro na 14º volta. Onze voltas depois Wilson retornou a prova.


Serviá liderou até a 35º volta, quando foi superado pelo suíço Neel Jani, da PKV Racing. Com a prova em ritmo normal os pilotos foram para seus pit stops. Na volta a pista Doornbos, em uma seqüência de paradas diferente, era o líder, com Jani em 2º.


O ex-piloto de F-1 liderou até parar, na 54º volta, com Jani de volta a ponta. A partir da 60º volta a luta pela liderança esquentou, com Serviá passando Jani, que ficou com Doornbos bem próximo também.


O norte-americano Alex Figge, da Pacific Coast provocou uma bandeira amarela na 76º volta, ao sair da pista. Com todos os pilotos parando nos boxes pela 2º vez. Como na parada anterior Doornbos saiu na frente com Jani em 2º.


Na relargada, na 83º volta, o suíço passou o holandês e era novamente líder. Figge rodou mais uma vez, na 90º volta. Com a prova reiniciada a luta pela vitória continuou, com Doornbos passando Jani a onze voltas de final, para não mais perder a ponta.


Doornbos venceu com 6s144 de vantagem para Jani. Serviá, em 3º, chegou colado no suíço. O australiano Will power, do Tema Australia, foi o 4º, seguido por Bourdais. O brasileiro Bruno Junqueira, da Dale-Coyne, ficou na 7º posição.


Bourdais lidera o campeonato, com 216 pontos, dez a mais do que Doornbos. Power, em 3º, tem 192.


A próxima etapa acontece no dia 12 de agosto, em Elkhart Lake, nos EUA.


Final:


1 – Robert Doornbos HOL Minardi Team USA 107 voltas em 1h45min07seg617
2 – Neel Jani SUI PKV Racing a 6seg144
3 – Oriol Servia ESP Forsythe a 6seg944
4 – Will Power AUS Team Australia a 7seg487
5 – Sebastien Bourdais FRA Newman/Haas/Lanigan a 8seg033
6 – Graham Rahal EUA Newman/Haas/Lanigan a 9seg599
7 – Bruno Junqueira BRA Dale Coyne a 13seg950
8 – Tristan Gommendy FRA PKV Racing a 19seg237
9 – Jan Heylen BEL Conquest a 28seg531
10 – Simon Pagenaud FRA Team Australia a 48seg428
11 – Paul Tracy CAN Forsythe a 2 voltas
12 – Mario Dominguez MEX Pacific Coast a 3 voltas


 


Campeonato:


1) Bourdais (FRA/Newman-Haas-Lanigan), 216 pontos;
2) Doornbos (HOL/Minardi Team USA), 206 pontos;
3) Power (AUS/Team Australia), 192;
4) Wilson (ING/RSports), 175;
5) Jani (SUI/PKV Racing), 156;
6) Pagenaud (FRA/Team Australia), 154;
7) Servia (ESP/Forsythe), 146;
8) Rahal, (EUA/Newman-Haas-Lanigan), 145;
9) Tagliani (CAN/RSports), 140;
10) Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), 125.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *