ChampCar: GP do Canadá adiado para segunda-feira

Forte chuva e baixa visibilidade interromperam a prova de domingo logo no começo.


O GP do Canadá, 11ª etapa da temporada da Fórmula Mundial, terá prosseguimento a partir das 11 horas (horário de Brasília) desta segunda-feira. A prova teve apenas seis voltas no domingo e foi interrompida por motivos de segurança em virtude das fortes chuvas em Montreal, e a conseqüente falta de visibilidade no circuito Gilles Villeneuve. “Foi uma medida acertada dos organizadores pelo risco que todos corriam. Por outro lado, a programação vai ser completada amanhã (segunda-feira), o que diminuirá o prejuízo de todos”, opinou o brasileiro Antonio Pizzonia, que faz apenas a sua segunda prova na Fórmula Mundial.

A competição terá largada em movimento, com um total de 65 voltas, começando a contar das duas voltas de apresentação que serão conduzidas pelo carro de segurança. O grid vai obedecer a ordem dos competidores no momento da interrupção, quando o norte-americano A. J. Allmendinger (Forsythe Championship Racing) liderava, seguido do francês Sebastien Bourdais (Newman/Haas Racing), que havia largado da pole-position.

O brasileiro Bruno Junqueira (Newman/Haas Racing) vai partir do quinto posto, enquanto que Antonio Pizzonia (Rocketsports Racing) sai da 12ª colocação. “Apesar da previsão da corrida ser realizada com piso seco, o asfalto deverá estar muito sujo e sem grip (tração), pois está chovendo muito e deve continuar assim madrugada adentro”, comentou o amazonense na noite de domingo. “Vamos ver o comportamento dos carros da Fórmula Atlantic, que correrão às 8 horas da manhã, para ver o acerto que faremos no nosso Lola/Cosworth/Bridgestone”, revelou o piloto da Rocketsports Racing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *