ChampCar: Will Power larga na pole e vence em Las Vegas

O australiano Will Power, do Team Australia, venceu neste domingo o GP de Las Vegas, etapa de abertura da ChampCar. O holandês Robert Doornbos, do Minardi USA Team, foi o 2º, com o canadense Paul Tracy, da Forsythe, fechando o pódio.

Logo após a largada o estreante norte-americano Graham Rahal, da Newman-Haas-Lanigan, bateu seu Panoz na curva 1 do circuito montado nas ruas da capital mundial do jogo, provocando a primeira bandeira amarela do ano. Não Foi a estréia esperada para o filho de Bobby Rahal. O também novato neozelandês Matt Halliday, da Conquest, tentou desviar de Rahal, batendo no muro e abandonando.


Tracy assumiu a ponta, seguido por Power e o brasileiro Bruno Junqueira, da Dale-Coyne, que fez uma ótima largada, superando o canadense Alex Tagliani, da RSPÒRTS e o francês Simon Pagenaud, do Team Australia. O novato Alex Figge, da Pacific Coast, rodou na 6º volta, fazendo a bandeira amarela durar mais algumas voltas. Na relargada na 8º volta, Tagliani superou Junqueira.


Power começou a pressionar Tracy, conseguindo ultrapassagem na 12º volta. Os primeiros colocados eram: Power, Tracy, Tagliani, Junqueira e Doornbos. O inglês Dan Clarke, do Minardi USA Team, bateu na proteção de pneus, causando uma nova bandeira amarela. Tres voltas depois aconteceu a relargada.


Tagliani havido ido para os boxes, deixando Junqueira atrás de Tracy. O brasileiro tentou a ultrapassagem, mas não conseguiu. O tri-campeão Sébastien Bourdais, da Newman-Haas-Lanigan, que largou na penultima posição vinha numa incrível corrida de recuperação e na 24º volta alcançou o terceiro lugar. Porém a sorte não estava mesmo do lado do francês, que teve um pneu furado, tendo que parar para a torça, voltando na 12º posição.


Na 28º volta os três primeiros pararam nos pits. Junqueira parou uma volta antes. Tagliani, que estava em outra janela de reabastecimento, assumiu aponta. Tracy teve que retornar aos boxes devido a um problema no anel da mangueira de reabastecimento.Para completar o final de semana para se esquecer, Bourdais bateu no muro na 32º volta.


Na 38º volta Power estava de volta a liderança da prova seguido por reassumiu a liderança, seguido por Doornbos, o suíço Neel Jani, da PKV Racing, Junqueira e Tagliani. Tracy era o sétimo.


Junqueira assumiu aponta na 44º volta, com a parada dos três primeiros nos pits. Ele liderou por cinco voltas até também parar nos boxes. Tracy assumiu a liderança. O brasileiro teve problemas em sua parada tendo que retornar aos boxes na 53º volta, voltando em 8º. Três voltas depois Tracy fez a sua última parada nos boxes.


Power reassumiu mais uma vez a liderança, seguido por Tagliani, Doornbos, a inglesa Katherine, da Dale-Coyne, e o novato francês Tristan Gommendy, da PKV Racing. Tagliani teve que fazer um Splash & Go na 58º volta, perdendo duas posições.


Power venceu com 16s787 de vantagem para Doornbos, que fez uma excelente estréia, colocando a Minardi onde ela nunca conseguiu chegar na F-1, no pódio. Tracy fechou os três primeiros. Junqueira foi o 7º colocado.


A segunda etapa está marcada para o dia 15 de abril, em Long Beach, nos EUA.


Piloto/país Equipe Tempo


1 – Will Power (AUS) Team Australia 68 voltas em 1h45min13seg637
2 – Robert Doornbos (HOL) Minardi Team USA a 16seg787
3 – Paul Tracy (CAN) Forsythe a 27seg356
4 – Alex Tagliani (CAN) RSports a 48seg980
5 – Tristan Gommendy (FRA) PKV Racing a 1min09seg796
6 – Katherine Legge (ING) Dale Coyne a 1min18seg861
7 – Bruno Junqueira (BRA) Dale Coyne a 1 volta
8 – Alex Figge (EUA) Pacific Coast a 5 voltas
9 – Mario Domínguez (MEX) Forsythe a 11 voltas
10 – Neel Jani (SUI) PKV Racing a 12 voltas
11 – Ryan Dalziel (ING) Pacific Coast a 16 voltas
12 – Simon Pagenaud (FRA) Team Australia a 21 voltas
13 – Sebastien Bourdais (FRA) Newman/Haas/Lanigan a 38 voltas
14 – Justin Wilson (ING) RSports a 48 voltas
15 – Dan Clarke (ING) Minardi Team USA a 55 voltas
16 – Matt Halliday (NZL) Conquest a 65 voltas
17 – Graham Rahal (EUA) Newman/Haas/Lanigan a 67 voltas



Campeonato


1) Will Power (AUS/Team Australia), 34 pontos;
2) Robert Doornbos (HOL/Minardi Team USA) e Paul Tracy (CAN/Forsythe), 27 ;
4) Alex Tagliani (CAN/Rsports), 24 ;
5) Tristan Gommendy (FRA/PKV Racing), 21;
6) Katherine Legge (ING/Dale Coyne), 20;
7) Bruno Junqueira (BRA/Dale Coyne), 18;
8) Alex Figge (EUA/Pacific Coast), 15;
9) Mario Domínguez (MEX/Forsythe), 13;
10) Neel Jani (SUI/PKV Racing), 11.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *