Coluna: “Muito a melhorar”, por Vitor Senna

Muitas categorias correram nesse final de semana, mas a competitividade precisa melhorar…
Olá amigos do SpeedRacing

Esse final de semana foi um prato cheio para os apaixonados por automobilismo: as mais diversas categorias nacionais e internacionais tiveram suas etapas.

Depois de 15 anos, o Brasil volta a ter dois pilotos pilotando em times de ponta na Fórmula-1: o amazonense Antônio Pizzonia assume a Williams substituindo o alemão Ralf Schumacher. Depois de um excelente treino marcando o 2º. melhor tempo, mudanças no carro (na minha opinião, por imposição dos engenheiros) e apenas o 11º. lugar no grid de largada.

No final da prova, um bom 7º. lugar; não podemos esquecer que seu companheiro de equipe, J.P. Montoya largou na 2ª. posição e terminou em 5º. Se formos analisar friamente, o resultado do brasileiro foi muito melhor ao do colombiano. No geral, mais uma corrida sem grandes emoções: domínio surpreendente do alemão, e sem grandes ultrapassagens na pista. Está na hora de mudanças na Fórmula-1.

Nos Estados Unidos mais uma etapa da IRL, o Grande Prêmio de Milwaukee. O brasileiro Vitor Meira largou na pole position e mostrou que está fazendo um excelente trabalho e merece um lugar em uma equipe desde a primeira etapa do ano, mostrando que pode lugar pelo título.

Na corrida, vitória do escocês Dario Franchitti depois de vários pilotos estarem na liderança da prova. O brasileiro Tony Kanaan chegou em 4º. lugar e continua na ponta da tabela; Vitor Meira chegou uma posição atrás de Kanaan e agora está em 5º. no campeonato. Vamos ficar de olho nesse piloto de brasília que promete muito.

Aqui no Brasil tivemos o Grande Prêmio de Vitória de Copa Clio e Fórmula Renault, a etapa considerada a Mônaco brasileira, devido a ser disputada em circuito de rua.

Na Copa Clio, vitória de ponta a ponta de Renê Bauer depois de uma classificação no molhado. O atual lider do certame continua sendo Alexandre Conil, seguido por Elias Nascimento. Bauer está em terceiro no campeonato.

Na Fórmula Renault, nossa categoria escola, infelizmente mais uma prova sem emoções. Com poucas voltas, os carros espalham-se rapidamente pelo circuito e as ultrapassagens tornam-se quase nulas. Acredito que a Fórmula Renault também pelo alto investimentos que os pilotos necessitam para correr o ano todo, deveria ser uma categoria mais equilibrada. Em Vitória, Alexandre Foizer ganha mais não leva por utilizar um chassi não autorizado pelo regulamento. O vencedor acaba sendo Alan Hellmeister. Destaque para Daniel Serra, que após solucionar seus problemas de contrato para o resto da temporada, terminou a prova em 3º. A piloto Ana Beatriz não foi bem e terminou apenas em 9º. A próxima etapa acontece no Rio de Janeiro em 21 de agosto.

Em São Paulo tivemos a 2ª. etapa da Trofeo Maserati, vencida pelo piloto Paulo de Tarso. A categoria ainda pouco conhecida do grande público levou até as arquibancadas de Interlagos 10.500 pessoas aproximadamente.

Destaque para o piloto Lico Kaesemodel; depois de estar liderando a corrida na 19ª. volta, “escapou” no “S” do Senna, caindo para 14º. A oito voltas para o fim da prova supera 9 concorrentes e consegue um excelente 5º. lugar. Agora Paulo de Tarso assumio a ponta da tabela com 41 pontos, seguido por Leandro Schmidt (39 pts) e João Adibe (28 pts). A próxima etapa acontece no Rio de Janeiro em 08 de agosto.

No geral, muitas categorias para a diversão dos apaixonados por automobilismo, mas pouca competitividade. A grande decepção está sendo a nossa Fórmula Renault, que está chegando muito próxima da Fórmula 1, com pouquíssimas ultrapassagens (e um orçamento muito alto para uma categoria escola).

Meu destaque vai para o Trofeo Maserati; apenas em sua segunda etapa aqui no Brasil já vem mostrando ser um excelente espetáculo. Tudo bem que a categoria é cara, mas o que o público que ver é show. Méritos para os organizadores e para Chico Serra que está comandando o projeto. Acredito que se a organização continuar assim e melhorar na parte da divulgação, pode ter certeza que até o final do ano a categoria será um sucesso.

Pessoal, um grande abraço a todos e espero que estejam gostando da minha coluna. Essa semana ainda estarei comentando sobre a dança das cadeiras na Fórmula-1 e sobre a nossa Stock Car.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *