Coluna: Nasce uma nova categoria

Chegamos a abril, e a informação aqui não tem nada haver com o dia da mentira, muito pelo contrário. No último mês tivemos as aberturas das temporadas da Fórmula 1, da Indy (que inclusive aconteceu no Anhembi em SP), além da Truck, testes da StockCar e por aí vai, mas não vou comentar nada disso esse mês.

Quero comentar sobre o nascimento de uma nova categoria nacional: a Spyder Race. Bem, quem curte automobilismo e mora em São Paulo já deve ter ouvido falar, pois até 2009 era uma categoria que corria apenas em Interlagos por fazer parte do Campeonato Paulista. A partir de 2010 a categoria ganha status de nacional sob a autorização da CBA.

Mas o que é a Spyder Race deve estar perguntando: bem, vamos lá tentar fazer um breve descritivo sobre a categoria: são protótipos abertos, ou seja, carros com carenagem porém sem cobertura, com motor 2.0 VW AP (muito similar com o do modelo Santana); parece um pouco os carros de fórmula, porém com as rodas cobertas.

O campeonato terá oito etapas, passando pelos estados de SP, RJ, MS, PR e RS. Até o momento estão confirmados mais de 25 carros e 35 pilotos para a prova de abertura que será em Interlagos (SP) no dia 25 de abril. Por essa categoria já passaram nomes que hoje fazem parte da StockCar por exemplo, como Renato Russo, Norberto Gresse Filho, etc. Até Walter Cordeiro Neto, piloto de Manaus que já andou em Daytona (EUA) está sendo aguardado para o campeonato.

A categoria nasce no momento certo, para servir de porta de entrada para pilotos que almejam alcançar as categorias top do turismo nacional, como a própria StockCar. Em 2010, Stock Jr., além da Copa Vicar serão extintas, e a Copa Clio sucumbiu. Então essa é a chance de ver os novos talentos das pistas, em corridas com pegas do início ao fim.

Quem se encontra comigo em Interlagos no dia 25?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *