Copa Chevrolet Montana: Muro acaba com corrida de Pasetti em Ribeirão Preto

Paulista lamenta não conseguir entregar à Gramacho Costa a recompensa pelo bom trabalho do fim de semana

A estreia da Copa Chevrolet Montana nas ruas de Ribeirão Preto neste domingo “seguiu a regra” que foi aplicada nas três etapas anteriores: muitos toques, acidentes e intervenções do safety car.

O que contribuiu bastante para isso desta vez foi o fato de o traçado de 2,2 km ser estreito e contornado por blocos de concreto, o que impedia qualquer tipo de erro. E Cadu Pasetti (Xandô) sentiu isso na pele: um pequeno deslize e a traseira de sua picape beijou o muro, danificando a roda esquerda e abreviando a participação do paulista na prova.

“Achamos um setup [acerto] muito bom para a corrida. Consegui ganhar posições durante a disputa, o que é difícil em uma corrida de rua, mas, infelizmente, cometi um erro e essa pista não permite isso”, conta o piloto, revelação da Pick-up Racing (categoria que serviu de embrião para a Copa Chevrolet Montana) em 2009. “Já tinha conseguido entrar na zona de pontuação e subido sete posições, o que me deixa mais triste foi ter jogado fora o trabalho da minha equipe que se empenhou muito em sanar o problema que tive no final de semana”, desabafou.

A prova foi vencida por Sergio Jimenez, que largou da primeira posição e ali ficou, provando que em circuitos de rua a pole representa metade da vitória, seguido de seu companheiro de equipe, Rafael Daniel. Agora, a Copa Chevrolet Montana faz “férias forçadas” de praticamente três meses e retorna as pistas no dia 05 de setembro, em Interlagos.
 05 de setembro, em São Paulo (SP). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *