Copa Chevrolet Montana: Romera sobrevive e soma pontos importantes em Ribeirão Preto

O SulSaocaetanense Leandro Romera escapa dos “perigos” do circuito de rua de Ribeirão Preto e termina a prova na 8ª colocação somando importantes pontos para o campeonato.

Ribeirão Preto, cidade do interior paulista localizada a 336 km da capital recebeu nesse final de semana as feras da Stock Car e Copa Chevrolet Montana em um circuito de 2.270m montado nas ruas da zona oeste para receber um público de 42 mil pessoas.

E a 4ª etapa da Copa Chevrolet Montana foi bastante movimentada, principalmente para o piloto do Safety Car, o carro de segurança da categoria: foram quatro entradas devido a toques e acidentes dos pilotos, porém todos sem gravidade.

Leandro Romera (RS Consult / Glan Data / Grupo Candinho / BullFlex / Matic Instrumentos Musicais) largou na 12ª colocação e já na primeira volta ganhou duas posições, deixando Pedro Boesel e Cássio Homem de Mello para trás; os dois inclusive foram os causadores da primeira entrada do Safety Car.

Como é comum em circuito de rua, as ultrapassagens são extremamente complicadas, e o maior segredo é manter-se na pista, preferencialmente longe dos muros e das confusões. Dessa forma Romera continuou sua corrida, escapando de mais um acidente logo a sua frente entre Diogo Pachenki e Wellington Justino: “Assisti tudo de perto, o Sondermann estava à minha frente e conseguiu ganhar as duas posições. Eu passei o Pachenki e quando ganharia a posição do Justino ele voltou para a pista, mas estava muito lento e fui obrigado a tirar o pé”, explicou o piloto da Montana n° 88. Sobre o polêmico acidente entre os dois pilotos, Romera declarou: “O Justino perdeu o ponto de freada no 180° da escola, e com isso o Pachenki colocou de lado, e não na frente! O Justino defendeu a posição… e aí deu no que todo mundo viu, acidente de corrida”.

O piloto era só elogios a equipe RS Racing durante o GP de Ribeirão Preto: “O carro está muito bom, não conseguimos ficar entre os três primeiros no classificatório devido a uma tentativa de acerto que acabou não dando certo, e em um treino de apenas duas voltas, um erro é fatal”, explicou Leandro. “Mesmo assim fizemos na pista o que era possível para somarmos pontos e terminarmos a prova; ainda no final eu até poderia ter ameaçado o Justino, mas achei que não valeria a pena arriscar e resolvi ficar quieto e terminar”, finalizou o piloto.

Romera ainda ganharia a posição de Serafim Jr que escapou sozinho, cruzando a linha de chegada em 8º lugar. O vencedor da prova nas ruas de Ribeirão Preto foi Sérgio Jimenez.

Após 4 etapas, Leandro Romera soma 13 pontos e está em 14º lugar na tabela de classificação. Sua equipe RS Racing é a 6ª colocada com 33 pontos.

A próxima etapa da Copa Chevrolet Montana acontece após a Copa do Mundo, no dia 05 de setembro em Interlagos (SP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *