Copa Clio: Cordova vence na estréia do motor 2.0

Corrida foi empolgante e teve muitas trocas de posições em todas as voltas.

O bicampeão da Copa Renault Clio, José Cordova, venceu neste domingo (20) a etapa de abertura da temporada 2008, disputada em Curitiba, Paraná. Correndo ‘em casa’, o paranaense liderou de ponta a ponta e em nenhum momento teve a sua vitória ameaçada. Em contrapartida, a briga pela segunda colocação foi intensa desde a primeira volta. Maior vencedor da história da categoria, Cordova conquistou a sua 12ª vitória no campeonato. “Tenho que dar os parabéns para todos aqui que disputaram esta prova. Agradecer a Pirelli, a Renault, por mais esta temporada que começa”, falou o experiente piloto, com certa emoção, durante a entrevista coletiva. “Deu tudo certo para mim na corrida e consegui abrir boa vantagem desde a largada. Nosso carro estava ótimo. Mesmo quando entrava o safety car, eu conseguia relargar muito bem. O campeonato está começando e tem muita gente boa para brigar pelas vitórias”, comentou o bicampeão.

Logo na largada, o estreante goiano Giuseppe Vecci, que partiu da segunda posição, rodou no Esse do fim da reta e foi atingido por vários carros. Vecci caiu para a última colocação, já com sua perspectiva na corrida bastante comprometida. Após uma grande largada, José Vitte pulou de nono para terceiro, atrás de Wagner Cardoso. A partir deste momento a briga pela vice-liderança foi intensa, envolvendo Cardoso, Vitte, Rodolfo Pousa e Eduardo Garcia.

Os quatro pilotos revezaram-se várias vezes na segunda colocação. Para aumentar a emoção, uma fraca garoa caiu em alguns momentos da corrida, reduzindo a aderência e deixando todos em estado de alerta. “Esse detalhe foi especialmente importante na prova, pois estamos estreando um motor mais potente que ainda estamos explorando”, observou Eduardo Garcia. “Temos bem mais torque disponível nas saídas de curva, e isso exigiu muito mais sensibilidade nesta primeira prova com o novo motor. No fim das contas, foi arriscado, mas também foi divertido”, explicou o piloto.

Na parte final da corrida Wagner Cardoso assumiu a vice-liderança e, na 20ª volta, quando o safety car interferiu mais uma vez devido a um acidente, a corrida foi encerrada com bandeira amarela e no limite de 40 minutos. “O segundo lugar é um excelente resultado para mim”, comemorou Cardoso. “Ganhar do Cordova em Curitiba é muito difícil. Ele sabe tudo aqui. Eu fiz uma corrida muito boa e infelizmente perdi a concentração em um momento, o que me custou várias colocações. Mas consegui manter a calma, manter o foco e recuperar o segundo lugar”, explicou. Completaram o pódio Eduardo Garcia (3º), Rodolfo Pousa (4º) e José Vitte (5º).

José Cordova conquistou todos os pontos disponíveis na corrida, totalizando 27. Com o resultado, ele abriu vantagem sobre o vice-líder, Wagner Cardoso, que soma 19 pontos. “A briga está apenas começando”, disse o bicampeão. “Eu não me iludo com essa vantagem. Este vai ser um ano difícil até a última volta da temporada”. A próxima etapa acontece em São Paulo no dia 11 de maio.

Confira o resultado da primeira etapa realizada em Curitiba:

1º) José Cordova (PR), 21 voltas em 39min22s896 (média de 118s22 km/h)
2º) Wagner Cardoso (PR), a 0s394
3º) Eduardo Garcia (DF), a 0s645
4º) Rodolfo Pousa (SP), a 1s307
5º) José C Vitte (SP), a 1s19
6º) Carlos Rocha (SP), a 2s735
7º) Edson do Valle (GO), a 3s154
8º) Marcos Paioli (SP), a 5s054
9º) Robson Vieira (SP), a 5s970
10º) Ydenis de Souza (SP), a 6s366
11º) Zizi Paioli (SP), a 7s096
12º) Cezare Santos (SP), a 8s053
13º) Peter Gottschalk (SP), a 9s413
14º) Zigomar Junior (SP), a 10s113
15º) Giuseppe Vecci (GO), a 30s072
16º) Betinho Sartorio (RJ), a 1 volta
17º) Roberto Santos (SP), a 1 volta
18º) Renato Pereira (SP), a 3 voltas
19º) Luciano da Silva (SP), a 6 voltas
20º) Rolf Gemperli (SP), a 6 voltas
21º) Luciano Kubrusly (SP), a 7 voltas
22º) Federico Fiamma (SP), a 12 voltas
23º) Fernando Schlickman (SP), a 16 voltas

Melhor Volta: José Cordova, 1:38.606

Classificação do campeonato (extra-oficial):

1º) José Cordova (PR), 27 pontos
2º) Wagner Cardoso (PR), 19
3º) Eduardo Garcia (DF), 14
4º) Rodolfo Pousa (SP) e José C Vitte (SP), 11
6º) Carlos Rocha (SP), 06;
7º) Edson do Valle (GO), 04;
8º) Marcos Paioli (SP), 03;
9º) Robson Vieira (SP), 02;
10º) Ydenis de Souza (SP), 01

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *