Copa Clio: Fernando Schlickmann corre no sacrifício em Vitória, mas abandona

Acometido por uma indisposição estomacal, piloto foi hospitalizado ontem e passou a manhã do ambulatório do circuito.



A oitava etapa da Copa Clio, disputada na manhã deste domingo nas ruas de Vitória (ES), terminou mais cedo que o previsto para o paulista Fernando Schlickmann (Apsen Farmacêutica), piloto mais jovem do campeonato de 2006. Estreante no automobilismoaté o início deste ano ele não havia disputado nem mesmo provas de kart –, Fernando havia surpreendido no primeiro treino livre de ontem (sábado) ao cravar o 11º tempo entre os 30 inscritos, mas foi acometido por uma indisposição estomacal que comprometeu o restante de seu trabalho no fim de semana.


 


“Comecei a me sentir mal logo depois do primeiro treino, e não consegui fazer a sessão de classificação como gostaria. Encerradas as atividades no circuito fui rapidamente para o hospital, mas acordei pior no domingo e realmente corri no sacrifício, declarou o piloto. Fernando foi levado na noite de ontem para o Hospital Santa Rita, onde permaneceu em observação das 19hs às 21hs. No domingo, recebeu soro no ambulatório do circuito e chegou a pensar em não correr.


 


Não estava bem, mas encarei a situação com profissionalismo e decidi ir para a pista mesmo não estando muito bem. Foi uma pena a corrida ter durado pouco para mim, mas agora vou cuidar da saúde e certamente estarei 100% recuperado na rodada dupla de São Paulo”, completou o piloto, que abandonou após um acidente ainda na primeira volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *