Copa Clio: Para Eduardo Garcia, etapa de SP será decisiva na disputa pelo título

Piloto brasiliense esteve perto do pódio nas duas últimas provas da temporada, mas por falta de sorte somou apenas um ponto nesse período e caiu da terceira para a sétima posição na tabela. Em São Paulo, palavra de ordem é recuperação.

O fator sorte, ou a falta dele, é o que tem feito a diferença na temporada de 2008 da Copa Renault Clio para o piloto brasiliense Edu Garcia (Paioli Racing). Apesar de figurar sempre entre os mais rápidos da categoria, e de ter subido ao pódio na prova de abertura da temporada, ele teve problemas nas duas corridas seguintes e viu seus principais adversários se distanciarem na tabela de pontos.


 


Da terceira colocação conquistada no início do ano, o piloto de Brasília passou a ocupar o sétimo lugar após abandonar a etapa brasiliense por quebra de motor quando ocupava a quarta posição. Por isso, ele sabe que precisa voltar ao pódio na rodada do próximo fim de semana para se manter vivo no campeonato. A quarta corrida do ano será disputada em São Paulo, pista que neste ano receberá quatro das dez provas do calendário (duas delas sob o sistema de rodada dupla, no mês de novembro).


 


“Espero terminar essa prova em boa colocação”, disse o piloto. “Nas últimas duas etapas estive sempre entre os primeiros, mas me faltou sorte. Em São Paulo, era o segundo colocado quando levei um toque e tive um pneu estourado. Em Brasília, estava em quarto quando o motor quebrou. Foi decepcionante não terminar a prova em casa, e por tudo isso a vontade de vencer está muito grande”, acrescentou o brasiliense.


 


Passadas as três primeiras etapas, o paranaense José Cordova abriu confortável vantagem na liderança do campeonato. Em relação a Edu Garcia, a diferença de nove pontos conquistada na etapa inicial saltou para 59, o que obriga o piloto de Brasília a buscar um bom resultado a qualquer custo em São Paulo.


 


“Nestas três primeiras etapas andei sempre entre os primeiros, e espero converter este desempenho em um lugar no pódio na corrida deste domingo”, declarou Garcia. “Para chegar ao final da temporada brigando pelo título não posso mais desperdiçar nenhum ponto sequer, e por isso espero contar com pelo menos uma pequena dose da sorte que me faltou nas duas últimas corridas”, encerrou Garcia.


 


Graziela espera boa prova em SP – companheira de Edu Garcia na Paioli Racing, a piloto Graziela Paioli, única mulher a competir na Copa Renault Clio em 2008, também espera um bom resultado na etapa de São Paulo. Prejudicada nas três primeiras corridas por acidentes ocorridos principalmente nas largadas, ela traçou como prioridade para o fim de semana a conquista de uma boa posição no grid com o objetivo de diminuir a chance de toques nas primeiras voltas.


 


“Como conheço bem a pista e minha equipe costuma ter um bom acerto para Interlagos, acredito que eu possa fazer neste domingo minha melhor corrida na categoria”, disse a piloto, que também atua como instrutora do Centro de Pilotagem Roberto Manzini. “Para isso, é fundamental que eu largue em boa posição”, encerrou. Na etapa de São Paulo, a Paioli Racing estréia o patrocínio da locadora de veículos Mister Car.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *