Copa ECPA de Velocidade: Recorde de provas e competidores

3ª etapa da competição reuniu pilotos de quatro categorias em 10 provas

Com 10 provas, a terceira etapa da Copa de Velocidade foi disputada neste fim de semana, no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo, onde nada menos do que 65 carros dividiram as curvas do autódromo localizado no interior de São Paulo. As corridas de Stock Jr., Clássicos de Competição e uma bateria Fórmula 1600 aconteceram no sábado. No domingo foram realizadas as competições de Marcas e Pilotos e a prova derradeira da Fórmula 1600.

 

Somente o certame de Marcas e Pilotos reuniu 40 pilotos no grid de largada, batendo recorde de participações na temporada, nesta que é uma das principais categorias de turismo do país. Divididos em três classes, duas delas – Super e Light – formam um único grid, já os pilotos Novatos fazem uma prova à parte.

 

Na primeira bateria do dia, na classe Super – a principal do certame – o pole-position Alexandre Souza travou uma intensa batalha para manter a liderança do campeonato. Após diversas trocas de posição entre Wanderson Freitas, Luiz Cirino, Neto Datti e Rodrigo Stefanini, Souza levou a melhor, com Cirino em segundo e Datti em terceiro, os três separados por apenas dois segundos.

 

Na classe Light, a dupla de Ribeirão Preto formada por Rafael Matta e Anderson Paes venceu a primeira prova, com Rafael ao volante. Seguido por Diogo Lapena, de Araraquara.

 

O piloto Mauricio Quagliato, que defende as cores do estrado do Amapá, apesar de morar em Capivari, venceu na classe Novatos, marcando também a melhor volta entre os participantes da categoria. “Como minha vida profissional se divide entre esses dois extremos do país, pois sou daqui, mas vivo radicado em Macapá”, explicou o líder.

 

A segunda bateria de Marcas e Pilotos foi ainda mais eletrizante e logo na largada a prova já teve que ser interrompida, devido um acidente envolvendo vários pilotos, mas que prejudicou apenas um: Rodrigo Stefanini bateu forte na barreira de pneus e não pode voltar.

 

Na relargada as disputas se tornaram intensas, volta após volta, até o final da prova, com muita emoção e vitória de Luis Piccolo, seguido Alexandre Souza e Aleandro Fortunato. “Não consegui acompanhar o Luisinho, mas gostei dos resultados, que me mantém na liderança”, afirmou Souza.

 

Pela Light, Alexandre Navarro superou os líderes do campeonato para vencer sua primeira prova da temporada.  Diogo Lapena foi novamente o segundo e a dupla Neimar Barbosa e Ricardo Palace chegou na terceira colocação.

 

E pela classe Novatos, vitória da dupla Thiago Vargas e Leonardo Ramos venceu, interrompendo o domínio de Mauricio Quagliato, que chegou em segundo.

 

Stock Jr.

Atual campeão da categoria, o paulista Otto Baumgart venceu a etapa de abertura da Stock Jr., no sábado. A prova marcou o início da temporada, que terá mais quatro provas no ano, com duas baterias. O segundo lugar, logo atrás, ficou com Rafael Seibel, enquanto Joca Silveira terminou em terceiro. “Não foi fácil, pois todos competidores se muito bons, tanto que não conseguir folga nas 15 voltas. Mas é sempre bom começar uma disputa vencendo e espero manter o título”, afirmou o piloto apoiado pela Vedacit.

 

A segunda bateria da foi vencida por Luigi Gualtieri, que fez uma corrida de recuperação, após ter largado bem atrás e assumiu a ponta fazendo uma bela ultrapassagem sobre Baumgart, que chegou na segunda posição, com Rafael Seibel em terceiro. Marcelo Casellato e Delfim Braz completaram o pódio.

 

Fórmula 1600

O piloto piracicabano Bruno Leme venceu a primeira corrida do final de semana válida da Fórmula 1600 que foi realizada na tarde de sábado. Fazendo sua primeira corrida na categoria, o piloto da Fórmula Truck Beto Monteiro chegou na segunda posição.

 

“Até que tentei acompanhar o ritmo do Bruno, mesmo pilotando no limite não conseguia virar o mesmo que ele. Mas assim gostei muito do carro, da categoria e de correr nesta pista. Acho que foi uma boa estreia”, comentou.

 

Na segunda corrida da Fórmula 1600, Leme largou da oitava posição do grid, mas foram necessárias apenas oito voltas para que o piracicabano da equipe Thomaz Racing assumisse a ponta e vencesse a prova para assumi a liderança da categoria.

 

Clássicos

Entre os Clássicos de Competição, a vitória ficou com Stanley de Barros Wessler na classe B; a dupla Luis Carlos e Marcelo venceu na classe C; e Eugênio e Wagner venceu na classe D.

 

Na segunda bateria, disputada na tarde de sábado, vitória de Thiago Barreto Perez, na classe B; Luis Carlos e Marcelo, na classe C; e Mauro Kern Braz, na classe D.

 

Confira os resultados da 3ª etapa da Copa ECPA de Velocidade

Provas de sábado (23)

1ª etapa – Stock Jr.

1º Otto Baumgart – 15 voltas em 19:26.350 – melhor volta 1:16.817

2º Rafael Seibel a 1.208 – melhor volta 1:17.542

3º Joca Silveira a 9.021 – melhor volta 1:17.199

4º Marcelo Casellato a 20.615 – melhor volta 1:17.865

5º Delfim Braz a 27.055 – melhor volta 1:17.694

 

2ª etapa – Stock Jr.

1º Luigi Gualtieri – 14 voltas em 17:55.914 – melhor volta 1:15.889

2º Otto Baumgart a 5.391 – melhor volta 1:16.600

3º Rafael Seibel a 8.879 – melhor volta 1:17.145

4º Marcelo Casellato a 21.698 – melhor volta 1:17.502

5º Delfim Braz a 27.096 – melhor volta 1:17.792

 

1ª bateria Clássicos de Competição

1º Stanley de Barros Wessler
2º Fabio /Carlos

3º Daniel Rufino Jr.

4º Luis Carlos /Marcelo

5º Eugênio /Wagner

Melhor volta: Stanley de Barros Wessler, em 1:19.053

 

2ª bateria Clássicos de Competição

1º Thiago Barreto Perez
2º Stanley de Barros Wessler

3º Mauro Kern Braz

4º Fabio /Carlos

5º Luis Carlos /Marcelo

Melhor volta: Stanley de Barros Wessler, em 1:18.424

 

1ª corrida de Fórmula 1600

1) Bruno Leme – 18 voltas em 22min09s723

2) Beto Monteiro a 16s886

3) Eduardo Dias a 31s078

4) Tiago Felippe a 33s771

5) Daniel Ebel a 50s842

 

Provas de domingo (24)

2ª corrida de Fórmula 1600

1) Bruno Leme – 18 voltas em 22min25s501

2) Daniel Ebel a 15s721

3) Gabriel Lusquiños a 21s413

4) Eduardo Dias a 26s399

5) Marcio Battistin a 33s148

 

1ª prova Marcas e Pilotos – Super

1º Alexandre Souza
2º Aleandro Fortunato / Luiz Cirino

3º Neto Datti/Luis Piccolo

4º Rodrigo Stefanini

5º Luiz Augusto

Melhor volta: Alexandre Souza, em 1:18.311

 

1ª prova Marcas e Pilotos – Light

1º Rafael Matta/Anderson Paes
2º Diogo Lapena

3º Alessandro Navarro

4º Neimar Barbosa /Ricardo Palace

5º Ricardo Pinto/ Leandro Borsari

Melhor volta: Rafael Matta/Anderson Paes, em 1:19.442

 

1ª prova Marcas e Pilotos – Novato

1º Mauricio Quagliato
2º Alexandre Peppe

3º André /Douglas Xavier

4º Viviane Gola/ Alex Voltolini

5º Thiago Vargas/Leonardo Ramos

Melhor volta: Mauricio Quagliato, em 1:18.766

 

2ª prova Marcas e Pilotos – Super

1º Neto Datti/Luis Piccolo
2º Alexandre Souza

3º Aleandro Fortunato / Luiz Cirino

4º Luiz Augusto

5º Edgard Amaral / Wanderson Freitas

Melhor volta: Neto Datti/Luis Piccolo, em 1:17.407

 

2ª prova Marcas e Pilotos – Light

1º Alexandre Navarro
2º Diogo Lapena

3º Neimar Barbosa /Ricardo Palace

4º Rafael Matta/Anderson Paes

5º Ricardo Pinto/ Leandro Borsari

Melhor volta: Diogo Lapena, em 1:18.987

 

2ª prova Marcas e Pilotos – Novato

1º Thiago Vargas/Leonardo Ramos
2º Mauricio Quagliato

3º Adilson Gorga

4º André /Douglas Xavier

5º Alexandre Peppe

Melhor volta: Mauricio Quagliato, em 1:18.571

 

Serviço
A 4ª etapa da Copa ECPA de velocidade será disputada no dia 20 de junho. Acompanhe as novidades da Copa ECPA de Velocidade no site www.ecpa.com.br. Mais informações pelo facebook.com/ecpabrasil e e-mail para ecpa@ecpa.com.br. Telefones (19) 3438.7901 e 3438.7174.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *