Copa Fiat: Governador de Goiás anuncia a Massa reforma do autódromo

Leilão com artigos do piloto da Ferrari arrecada mais de R$ 100 mil para entidades sociais

Durante encontro nesta quinta-feira com Felipe Massa no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, sede da administração estadual, o governador Marconi Perillo assinou a autorização para a licitação das obras para a reforma completa da pista e dos boxes do Autódromo Internacional de Goiânia. O piloto da Ferrari esteve na capital para entregar oficialmente à Organização das Voluntárias de Goiás, presidida pela primeira-dama Valéria Perillo, as mais de três toneladas de mantimentos arrecadados durante a etapa do Racing Festival em julho e que serão repassadas a entidades assistenciais. Além disso, ao lado do governador e do secretário de Indústria e Comércio, Alexandre Baldy, Massa comandou leilão de artigos pessoais – macacão, sapatilhas, luvas, bonés, camisetas -, arrematados por empresários locais. Christian Fittipaldi, líder da Copa Fiat, também doou um macacão. Todas as peças foram vendidas pelo valor total de R$ 111 mil e, de acordo com orientação de Perillo, o dinheiro deverá ser transferido prioritariamente a instituições que atendam crianças portadoras de deficiências.

As obras deverão exigir recursos da ordem de R$ 5 milhões. Segundo o chefe de governo de Goiás, a passagem do Racing Festival por Goiânia – no regresso da cidade ao calendário automobilístico nacional depois de cinco anos – mostrou a viabilidade econômica do local, pelo impacto na área de turismo e pela grande presença do público. “Não basta investir, precisamos de pessoas que induzam a vinda de outros eventos para cá”, disse Perillo, agradecendo aos organizadores Carlinhos Romagnolli e Titonio Massa pela decisão de levar a Copa Fiat e a R1 GP 1000 a Goiânia. Baldy estimou em 120 dias o prazo entre a abertura do processo de licitação e o término das obras, que prevêem a substituição completa do antigo asfalto.

Massa está no Brasil aproveitando o período de férias obrigatórias da Fórmula 1. Goiânia faz parte de sua própria história. “Foi aqui que estreei no automobilismo em 1998 depois de sair do kart. Comecei na Fórmula Chevrolet e cheguei em 8º naquela prova”, disse. No discurso de agradecimento ao governador e aos empresários presentes ao leilão, Massa considerou o ato como mera obrigação. “O que estamos fazendo hoje é o mínimo que podemos realizar em benefício daqueles que realmente precisam”, afirmou. O seu macacão vermelho alcançou o lance mais alto e foi adquirido por R$ 50 mil.

No meio da tarde, acompanhado do pai, Massa seguiu para Brasília, onde se reuniu com o governador Agnelo Queiroz. “Padrinho” do Racing Festival, Massa esteve na Capital Federal para divulgar a quinta etapa da temporada, marcada para dia 9 de setembro. Ouviu mais uma boa notícia: Queiroz informou que o seu governo já começou a estudar um projeto de modernização do Autódromo Internacional Nelson Piquet, inclusive com orientação da FIA, de modo a habilitar o circuito para sediar provas internacionais. “A opinião do Felipe é muito importante para nós. Com a reforma do autódromo poderemos ajudar na formação de novos pilotos”, justificou.

Massa convidou o governador a voltar ao Racing Festival – Queiroz prestigiou a prova de 2010, na época como ministro dos Esportes – e elogiou a iniciativa de recuperar a pista, cujo traçado de mais de 5 quilômetros é um dos preferidos dos pilotos brasileiros. “Além de criar novas praças, precisamos conservar as já existentes. Essa reforma me deixa feliz porque ajuda muito o automobilismo do País.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *