Copa Montana: Mesmo com problema no câmbio, Romera sai feliz de Curitiba

Corrida do piloto do ABC Paulista foi fantástica, mas problema com o câmbio faltando duas voltas para o fim o fez perder seis posições.

Depois de não conseguir participar dos treinos
coletivos na quinta e passar por dificuldades nos treinos livres da
sexta-feira, as 16 voltas do classificatório foram as únicas
completadas pelo piloto Leandro Romera (RS Consult / Glan Data / Grupo
Candinho / BullFlex) da RS Racing.

Marcando na 9ª posição, Romera ainda ganhou mais uma devido à
desclassificação do piloto Marco Cozzi que havia marcado o 2º melhor
tempo, mas seu carro estava abaixo do peso mínimo exigido. E foi
partindo da quarta fila que o piloto da Montana n° 88 foi para o tudo
ou nada, mesmo sabendo que um problema no câmbio foi conhecido no final
do sábado.

Logo na largada Romera entrou na briga pelas cinco primeiras posições,
mas devido a confusão foi obrigado a tirar o pé: Fábio Fogaça rodou na
sua frente e por muito pouco não o acerta em cheio; assim  o piloto
perdeu muitas posições caindo para o 11º lugar.

Em duas voltas Leandro fazendo uma excelente corrida briga por posições
com Pedro Boesel e Douglas Soares, já subindo para o 9º lugar. O
companheiro de equipe de Romera, o mineiro Ítalo Silveira se envolvendo
em um toque com Sérgio Jimenez causou a entrada do Safety Car; Leandro
assim subiu para a 7ª colocação.

Na relargada, o pole position e líder da prova até então, Eduardo Leite
teve problemas com o pneu traseiro esquerdo furado, o que deu mais uma
posição para o piloto da RS Racing, o 6º lugar na prova.

Faltando duas voltas para a bandeira quadriculada, o problema com o
câmbio voltou a aparecer, o que fez o piloto perder seis posições e
terminar a prova em 12º lugar. Mesmo assim Romera está feliz com o
resultado conquistado em Curitiba e otimista para a temporada: “Para
quem chegou aqui cheio de problemas, a corrida foi ótima. Uma pena
restando apenas duas voltas o câmbio apresentar problemas, mas foi
excelente a prova”
, declarou o piloto após a prova. “Quero
agradecer a todos que torceram por mim aqui, minha família, Deus… um
agradecimento especial ao Fernando do Corinthians, ao Arthur do Jornal
Oficina Brasil e também ao Rui Salles e toda equipe RS Racing que
trabalhou duro para me dar esse carro competitivo nesse final de
semana. Vamos estar ainda melhores no Velopark no Rio Grande do Sul”
,
finalizou Romera mostrando muito otimismo para a próxima etapa.

A vitória ficou com o campeão da Pickup Racing de 2009, Julio Campos,
seguido pelo convidado de honra da Copa Chevrolet Montana, Nelson
Ângelo Piquet. Diogo Pachenki, campeão da Stock Light em 2004 fechou o
pódio.

A segunda etapa da Copa Chevrolet Montana acontece no dia 02 de maio em
Nova Santa Rita (RS) no Autódromo Velopark.

Confira o resultado final da etapa de Curitiba:

1) Júlio Campos 40:33.927
2) Nelson Piquet – 40:36.249
3) Diogo Pachenki – 40:42.411
4) Rafael Daniel – 40:42.785
5) Wellington Justino – 40:44.284
6) Douglas Soares – 40:46.826
7) Pedro Boesel – 40:48.035
8) Sérgio Jimenez – 40:49.136
9) Cássio Homem de Mello – 40:50.222
10) Cadú Pasetti – 40:50.644
11) Lucas Finger – 40:52.576
12) Leandro Romera – 40:53.299
13) Aluizio Coelho – 40:53.919
14) Julyano Silveira – 40:54.145
15) Denis Navarro – 40:59.599
16) Marcelo Tomasoni – 41:04.065
17) Rodrigo Navarro -41:06.348
18) Sérgio Ramalho – 41:12.587
19) Fabricio Lançoni – 41:20.358
20) João Paulo Mauro -41:32.757
21) Henrique Assunção – 1:36.142
22) Franklin Trupel – 41:36.488
23) Anderson Faria – 42:00.064
24) Fábio Fogaça – 38:11.234
25) Galid Osman – 40:44.957
26) Ítalo Silveira – 41:10.759
27) Serafim Jr – 33:46.635
28) Marcelo Cesquim – 34:00.323
29) Eduardo Leite – 30:15.740
30)Thiago Riberi – 27:46.434
31) Edson do Valle – 27:52.396
32) Hybernon Cisne – 21:19.927
33) Aldo Piedade – 16:20.799
34) João Pretto – 11:54.713

Melhor volta: Júlio Campos – 1:25.892

Classificação do campeonato após a primeira etapa:

1) Júlio Campos, 25 pontos;
2) Diogo Pachenki, 16
3) Rafael Daniel 14
4) Wellington Justino, 12
5) Douglas Soares, 10
6) Pedro Boesel, 9
7) Sérgio Jimenez, 8
8) Cássio Homem de Mello, 7
9) Lucas Finger, 6
10) Leandro Romera, 5
11) Julyano Silveira, 4
12) Denis Navarro, 3
13) Marcelo Tomasoni, 2
14) Rodrigo Navarro, 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *