Copa Petrobras de Marcas: Definidos os quatro pilotos da Honda na Copa Petrobras de Marcas

Campeão de 2012, Ricardinho terá Vicente Orige como companheiro na JLM Racing, do também piloto Juliano Moro. Os outros dois carros da marca japonesa, da Full Time, terão Felipe Gama e Alceu Feldmann no cockpit.

A Honda, uma das cinco montadoras – Mitsubishi, Chevrolet, Ford e Toyota são as outras – presentes na Copa Petrobras de Marcas, manteve Ricardo Maurício, campeão de 2012, no cockpit de um de seus quatro carros. A única diferença é que agora Ricardinho estará na JLM Racing, comandada pelo também piloto Juliano Moro e terá Vicente Orige como companheiro. Os outros dois carros da marca, mas da Full Time, de Maurício Ferreira, serão pilotados por Alceu Feldmann e Felipe Gama, que venceu prova no ano passado. A abertura da terceira temporada da Copa Petrobras de Marcas acontece no dia 7 de abril em Interlagos.

“Queria continuar com a Honda e viabilizei dar sequência ao trabalho depois de um campeonato legal no ano passado, quando conquistei o título e consegui tornar a Honda uma grande parceira. Espero brigar pelo bicampeonato e nessas horas a experiência ajuda, pois se pode mexer pouco no carro, que tem somente um tipo de mola e nos deixa mexer na altura e na geometria (cambagem e convergência) dos pneus“, disse Ricardo Maurício.

Quem também está empolgado com a contratação do reforço é Juliano Moro, que nesta temporada deixa de pilotar na Copa Petrobras e passa somente a comandar sua equipe, a JLM.

“O Ricardinho é um piloto que não precisa maiores comentários, pois é um dos melhores do Brasil. Essa parceria promete um bom ano para as duas partes, pois ele traz bom conhecimento. Espero que consigamos fazer um carro bom para ele. No ano passado também tivemos grandes pilotos e espero que agora os resultados venham de maneira mais constante. O André Bragantini ganhou quatro etapas e fui parceiro dele. Este ano vou ser só chefe de equipe, pois vou profissionalizar a escuderia“, disse Moro.

Maurício Ferreira, chefe da Full Time, diz que o desafio nesta temporada será manter os bons resultados do ano passado. Para isso, conta com a experiência do seu pessoal e dos pilotos contratados.

“Sem dúvida que o Ricardinho foi uma grande perda. Afinal, ele é o atual campeão. Agora, o nosso desafio é manter os bons resultados com gente boa como o Alceu e o Gama, que foi bem no ano passado. Nosso objetivo é fazer o melhor possível com essa nova dupla. Vamos buscar manter a regularidade, que como o título do Ricardinho provou ser fundamental, pois ele não venceu uma corrida em 2012 e ainda assim se sagrou campeão“, disse Maurício Ferreira.

Calendário de 2013 da Copa Petrobras de Marcas

7 de abril – Interlagos
5 de maio – Brasília
30 de junho – Curitiba
21 de julho – Interlagos
29 de setembro – Brasília
27 de outubro – Tarumã
17 de novembro – Cascavel
1º de dezembro – Goiânia (alternativa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *