Copa Shell HB20 elege seu principal concorrente no fim de semana em Londrina: o calor

Treinos de sexta-feira viram os termômetros atingirem a incrível marca de 36ºC no norte paranaense, o que influencia diretamente no comportamento dos carros.

A Copa Shell HB20 deu início nesta sexta-feira (11) aos treinos livres para a quarta etapa da temporada 2020. Marcadas por forte calor, sol intenso e altíssimas temperaturas, as sessões foram extremamente desafiadora para os 34 carros e 43 pilotos que participam da rodada dupla de Londrina (PR).

Os termômetros chegaram a marcar 36ºC ao longo do dia, calor que chega a ser igual ou até maior ao enfrentado em Goiânia, nas seis primeiras corridas do ano. Piloto consultor e um dos desenvolvedores da Copa Shell HB20, Fabiano Cardoso explica o que pode mudar no comportamento do carro em circunstâncias como as enfrentadas no treino desta sexta.

“Todo comportamento do carro muda em um dia de calor como hoje. Com menor temperatura, ele funciona de uma forma e a medida que vai esquentando isso muda. Entre as mudanças está o aumento na temperatura do óleo do amortecedor, quando está mais quente ele afina e o carro fica mais macio. O pneu com a temperatura elevada perde aderência. O motor também sofre um pouco, porque o ar admitido tira a potência e isso faz o tempo de volta piore cerca de um segundo”, comentou.

“O piloto precisa se adaptar a essas mudanças rapidamente. Como o pneu perde aderência, muda o ponto de freada e também piora o tempo de volta. Um calor forte como esse muda demais o comportamento do carro. Isso nós falamos apenas do desgaste do carro, mas o piloto também sofre demais. Duas voltas com o calor de hoje equivalem a dez voltas em um dia de frio. Isso desgasta demais, muda os reflexos também, pois no carro a temperatura chega a bater perto de 60ºC”, concluiu Fabiano.

Na pista, o mais rápido da sexta-feira foi o convidado Cesar Bonilha. Natural de Londrina e com vasta experiência em carros de tração dianteira, Cesinha marcou sua melhor volta em 1min32s649 na sessão da manhã. Na Super, Rômulo Molinari foi o destaque, terminou como mais rápido nas duas sessões válidas – o terceiro treino foi restrito às duplas e a testes feitos pelos pilotos consultores.

A primeira prova da Copa Shell HB20 em Londrina está marcada para as 16h55 do sábado, com o complemento acontecendo às 10h30 do domingo. O canal do Acelerados no YouTube e o Facebook oficial da Copa Shell HB20 exibem tanto as tomadas de tempo quanto as corridas ao vivo, enquanto o Band Sports exibe um VT da rodada após a etapa da Fórmula Indy. Mais detalhes abaixo.

Veja como terminaram os treinos de hoje:

Treino Livre 1
1. #17 Cesar Bonilha (Pro),1:32.649
2. #74 Odair Paraguai/Edgar Favarin (Pro), 1:32.941
3. #20 Raphael Abbate (Pro), 1:33.092
4. #67 André Bragantini (Pro), 1:33.162
5. #33 Eduardo Doriguel/Alberto Cattucci (Pro), 1:33.216
6. #113 Diego Ramos (Pro), 1:33.246
7. #197 Luiz Sena (Pro), 1:33.559
8. #15 Bruno Testa (Pro), 1:33.559
9. #70 Kleber Eletric (Pro), 1:33.721
10. #18 Daniel Nino (Pro), 1:33.765
11. #77 Beto Cavaleiro (Pro), 1:34.004
12. #27 Romulo Molinari (Super), 1:34.095
13. #343 Christiano Bornemann (Pro), 1:34.250
14. #9 Cassio Cortes (Pro), 1:34.335
15. #404 Diego Augusto/Wagner Cardoso (Pro), 1:34.362
16. #329 Rafael Reis/Leonardo Reis (Super), 1:34.411
17. #31 Caito Carvalho (Pro), 1:34.443
18. #71 Alexandre Canassa/Diego Vallini (Super), 1:34.596
19. #41 Lucas Bornemann (Pro), 1:34.653
20. #11 Luciano Viscardi/Thiago Riberi (Pro), 1:34.657
21. #220 Waldir Belizário (Super), 1:34.728
22. #117 Thaline Chicoski/Pedro Perdoncini (Super), 1:34.752
23. #99 Rafa Maeda (Super), 1:34.809
24. #177 Keka Teixeira (Super), 1:34.857
25. #21 Marcus Indio (Super), 1:35.160
26. #28 Luiz Cordeiro (Pro), 1:35.176
27. #13 Marcelo Zebra (Super), 1:35.268
28. #222 Marcelo Giarreta Juba (Super), 1:35.512
29. #6 Luiz Henrique Filho/Fabio Albuquerque (Super), 1:35.616
30. #22 Edson dos Reis (Super),1:36.060
31. #84 Thiago Sansana (Super), 1:36.158
32. #2 Luc Monteiro (Super), 1:36.458
33. #5 Edgar Colamarino (Super), 1:36.722
34. #300 Luiz Albuquerque/Marcos Ramos (Super), 1:38.448
35. #161 Antonio Junqueira (Super), –

Treino Livre 2
1 . #74 Odair Paraguai/Edgar Favarin (Pro), 1:32.796
2 . #17 Cesar Bonilha (Pro), 1:32.991
3 . #20 Raphael Abbate (Pro), 1:33.108
4 . #33 Eduardo Doriguel/Alberto Cattucci (Pro), 1:33.173
5 . #197 Luiz Sena (Pro), 1:33.228
6 . #113 Diego Ramos (Pro), 1:33.545
7 . #67 André Bragantini (Pro), 1:33.604
8 . #11 Luciano Viscardi/Thiago Riberi (Pro), 1:33.751
9 . #15 Bruno Testa (Pro), 1:33.768
10 . #18 Daniel Nino (Pro), 1:34.180
11 . #27 Romulo Molinari (Super), 1:34.248
12 . #177 Keka Teixeira (Super), 1:34.279
13 . #28 Luiz Cordeiro (Pro), 1:34.348
14 . #31 Caito Carvalho (Pro), 1:34.365
15 . #41 Lucas Bornemann (Pro), 1:34.377
16 . #222 Marcelo Giarreta Juba (Super), 1:34.511
17 . #77 Beto Cavaleiro (Pro), 1:34.566
18 . #70 Kleber Eletric (Pro), 1:34.644
19 . #343 Christiano Bornemann (Pro), 1:34.670
20 . #9 Cassio Cortes (Pro), 1:34.748
21 . #99 Rafa Maeda (Super), 1:34.871
22 . #300 Luiz Albuquerque/Marcos Ramos (Super), 1:34.934
23 . #161 Antonio Junqueira (Super), 1:34.950
24 . #5 Edgar Colamarino (Super), 1:34.957
25 . #404 Diego Augusto/Wagner Cardoso (Pro), 1:35.209
26 . #13 Marcelo Zebra (Super), 1:35.318
27 . #84 Thiago Sansana (Super), 1:35.364
28 . #21 Marcus Indio (Super), 1:35.463
29 . #22 Edson dos Reis (Super), 1:36.127
30 . #71 Alexandre Canassa/Diego Vallini (Super), 1:36.422
31 . #117 Thaline Chicoski/Pedro Perdoncini (Super), 1:36.511
32 . #329 Rafael Reis/Leonardo Reis (Super), 1:37.391
33 . #2 Luc Monteiro (Super), –
34 . #220 Waldir Belizário (Super), –
35 . #6 Luiz Henrique Filho/Fabio Albuquerque (Super), –

 

Programação do fim de semana

Sábado (12)
12h05: Treino Livre 4
13h45: Classificação Pro
14h02: Classificação Super
16h55: Corrida 1

Domingo (13)
10h30: Corrida 2

Lista de Inscritos

#05 Edgar Colamarino (Super) 
#06 Luiz Filho/Fabio Albuquerque (Super) 
#09 Cassio Cortes (Pro) 
#11 Luciano Viscardi/Thiago Riberi (Pro) 
#13 Marcelo Zebra (Super) 
#15 Bruno Testa (Pro) 
#18 Daniel Nino (Pro) 
#20 Raphael Abbate (Pro) 
#21 Marcus Índio (Super) 
#22 Edson dos Reis (Super) 
#27 Romulo Molinari (Super) 
#28 Luiz Cordeiro (Pro) 
#31 Caito Carvalho (Pro) 
#33 Eduardo Doriguel/Alberto Cattucci (Pro) 
#41 Lucas Bornemann (Pro) 
#67 Andre Bragantini (Pro) 
#70 Kleber Eletric (Pro) 
#71 Alexandre Canassa/Diego Vallini (Super) 
#74 Odair Paraguai/Edgar Favarin (Pro) 
#77 Beto Cavaleiro (Pro) 
#84 Thiago Sansana (Super) 
#99 Rafa Maeda (Super) 
#113 Diego Ramos (Pro) 
#117 Thaline Chicoski/Pedro Perdoncini (Super) 
#161 Antonio Junqueira (Super) 
#177 Keka Teixeira (Super) 
#197 Luiz Sena Jr (Pro) 
#220 Waldir Belizário (Super) 
#222 Marcelo Giarreta Juba (Super) 
#300 Luiz Albuquerque/Marcos Ramos (Super) 
#329 Rafael Reis/Leonardo Reis (Super) 
#343 Chris Bornemann (Pro) 
#404 Diego Augusto/Wagner Cardoso (Pro)

Os dez melhores da categoria Pro

1. Diego Ramos, 67 pontos
2. André Bragantini, 62
3. Beto Cavaleiro, 47
4. Luiz Sena Jr., 45
5. Raphael Abbate, 43
6. Edgar Favarin/Odair dos Santos, 38
7. Luciano Viscardi/Thiago Riberi, 38
8. Diego Augusto/Wagner Cardoso, 32
9. Bruno Testa, 28
10. Alberto Cattucci/Eduardo Doriguel, 24

Os dez melhores da categoria Super

1. Edgar Colamarino, 86 pontos
2. Antonio Junqueira, 61
3. Keka Teixeira, 60
4. Rafael Reis/Leonardo Reis, 46
5. Alexandre Canassa/Diego Vallini, 31
6. Thiago Sansana, 30
7. Marcelo Zebra, 27
8. Marcus Indio/Rafa Maeda, 26
9. Rômulo Molinari/Marcus Leão, 24
10. Edson Reis, 22

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *