Copa Shell HB20: Em Goiânia, estreante Riberi vence na Pró e Colamarino na Super

Parceiro de Luciano Viscardi disputou sua primeira corrida pela categoria neste domingo e Edgar Colamarino comprovou domínio na Super e venceu pela segunda vez no final de semana

A Copa Shell HB20 teve em Goiânia mais uma corrida movimentada, com muitas trocas de posições e batalhas pela liderança. Na prova que encerrou a primeira rodada dupla do ano, neste domingo (25) em Goiânia, o estreante Thiago Riberi venceu, após ultrapassar Rogério Motta e Diego Ramos nas voltas finais da prova. Na Super, Edgar Colamarino repetiu o resultado de sábado e venceu, desta vez de ponta a ponta.

Thiago Riberi largou na segunda colocação e perseguiu Rogério Motta por boa parte da prova. Diego Ramos, que largou em sétimo, escalou o pelotão e chegou a ultrapassar Riberi. Começou a perseguir o então líder Rogério Motta até os pilotos se tocarem. Riberi se aproveitou e ultrapassou os dois, segurou forte pressão do jovem Diego e conquistou a vitória. Diego terminou em segundo, seguido pelo cascavelense Caito Carvalho, que conquistou seu melhor resultado na categoria. Rogério Motta e Alberto Catucci completaram o pódio.

“Foi uma corrida muito difícil. Tive pouco tempo de carro, por andar em dupla. Mas isso é do jogo, assim é a categoria. Os carros são iguais e isso torna o equilíbrio ainda maior. Mas estou muito contente pelo resultado de hoje. Agradeço a todos meus patrocinadores, minha família e meu parceiro Luciano Viscardi”, comemorou Riberi.

Já na Super, Colamarino largou na ponta e manteve a constância durante toda a corrida, até cruzar a linha de chegada na liderança. Edson dos Reis terminou em segundo, seu melhor resultado na categoria, seguido por Marcelo Zebra, Keka Teixeira e Leandro Parizotto, que completaram o pódio.

“Final de semana foi muito bom para mim. Não podia nem sonhar com isso, um final de semana com duas vitórias. O fato de ter vencido ontem já me deixaria muito contente, ter repetido esse resultado hoje foi incrível. Estou muito feliz”, comentou Colamarino.

A classificação do campeonato está sendo oficializada e será divulgada em breve.

Veja como terminou a corrida 2:
1. Thiago Riberi (Pro) – 14 voltas em 26min30s854
2. Diego Ramos (Pro) – 0s332
3. Caito Carvalho (Pro) – a 5s913
4. Rogerio Motta (Pro) – a 6s057
5. Alberto Cattucci (Pro) – a 6s227
6. Luiz Sena (Pro) – a 6s708
7. Odair Paraguai (Pro) – a 7s580
8. André Bragantini (Pro) – a 9s831
9. Beto Cavaleiro (Pro) – a 12s518
10. Lucas Bornemann (Pro) – a 12s555
11. Wagner Cardoso (Pro) – a 13s875
12. Daniel Nino (Pro) – a 18s571
13. Kleber Eletric (Pro) – a 18s885
14. Edgar Colamarino (Super) – a 19s086
15. Bruno Testa (Pro) – a 22s645
16. Edson dos Reis (Super) – a 30s376
17. Christiano Bornemann (Pro) – 31s216
18. Marcelo Zebra (Super) – a 34s583
19. Keka Teixeira (Super) – a 38s120
20. Leandro Parizotto (Super) – a 41s575
21. Marcus Leão (Super) – a 48s776
22. Luiz Albuquerque (Super) – a 49s734
23. Rodrigo HB (Super) – a 50s897
Não completaram
24. Luiz Henrique Filho (Super)
25. Renata Camargo (Super)
26. Rafa Maeda (Super)
27. Antonio Junqueira (Super)
28. Alexandre Canassa (Super)
29. Cassio Cortes (Pro)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *