Copa Shell HB20 fecha primeira etapa em Interlagos, com corrida de número 50

Vitórias de Leo Reis, Lucas Bornemann e Leo Martins marcaram a prova deste domingo

A Copa Shell HB20 encerrou a primeira etapa da temporada 2022 na tarde deste domingo, com a segunda corrida da temporada, em Interlagos. A 50ª corrida na história da categoria teve três novos vencedores coroados. Na Pro, Leonardo Reis largou na segunda posição e assumiu a liderança ao ultrapassar o pole positon Alberto Cattucci. Após uma intervenção do safety Car, Leo chegou a perder a liderança para Thiago Riberi, mas voltou a liderança. Em seguida, foi a vez de Fernando Jr pressionar Reis, mas o jovem piloto segurou os ataques e venceu a primeira na temporada, com diferença de apenas 89 milésimos. Fernando Jr foi o segundo, Beto Cavaleiro o terceiro, Riberi o quarto e Raphael Teixeira o quinto.

Após subir no pódio pela segunda vez, Leo Reis agradeceu os patrocinadores e ressaltou a dificuldade em terminar a corrida 2: “Perdi a quinta marcha no meio da corrida então fui obrigado a ir até o final torcendo para tudo dar certo, e deu. Foi uma corrida muito especial”, comentou.

Na Elite Lucas Bornemann conquistou a vitória, apenas três décimos a frente de Edgar Colamarino, o segundo colocado. Francisco Meireles terminou na terceira posição, Diego Valli na quarta e Romulo Molinari na quinta.

Entre os cinco primeiros pela primeira vez em 2022, o vencedor da Elite dedicou a vitória ao pai, que faz aniversário hoje e ressalta a escalada: “Se tinha que ser com emoção, não podia ser melhor, de último para primeiro e no dia do aniversário do meu pai. Esta vitória é para ele, que me pediu este presente na quinta feira”, celebrou Bornemann.

Pela Super, Leo Martins venceu pela primeira vez na Copa Shell HB20. Thiago Rizzo foi o segundo a cruzar a linha de chegada, seguido de Ivo Zangirolami. Joao Bortoluzzi ficou com o quarto lugar e o estreante Thiago Freitas foi o quinto a receber a bandeirada, fechando o último pódio.

Carioca, mas morador de São Paulo há cinco anos, Leo Martins já considera a capital paulista como sua casa. E hoje, o vencedor da Super comemorou o fato de correr em Interlagos. “Fiquei entre os primeiros desde os treinos e ontem já consegui um quarto lugar. Hoje, estar no lugar mais alto do pódio, na 50ª corrida da história da Copa Shell HB20, em casa, é especial demais, um belo início de temporada”, comemorou Leo.

Veja como terminou a corrida 2:
1. Leonardo Reis (Pro) – 11 voltas em 25min22s206
2. Fernando Jr (Pro) – a 0.089
3. Beto Cavaleiro (Pro) – a 1.137
4. Thiago RIberi (Pro) – a 1.358
5. Raphael Teixeira (Pro) – a 1.658
6. Daniel Nino (Pro) – a 2.638
7. Lucas Bornemann (Elite) – a 7.491
8. Edgar Colamarino (Elite) – a 7.726
9. Luiz Sena Jr (Pro) – a 8.419
10. Francisco Meireles (Elite) – a 9.760
11. Diego Vallini (Elite) – a 10.420
12. Juca Lisboa (Pro) – a 10.513
13. Romulo Molinari (Elite) – a 10.650
14. Enzo Gianfratti (Elite) – a 12.137
15. Bruno Pierozan (Elite) – a 12.151
16. Alberto Cattucci (Pro) – a 12.961
17. Bernardo Mattos (Pro) – a 13.250
18. Leo Martins (Super) – a 16.469
19. Thiago Rizzo (Super) – a 16.959
20. Ivo Zangirolami (Super) – a 18.085
21. João Bortoluzzi (Super) – a 20.864
22. Marcus Índio (Elite) – a 23.770
23. Thiago Freitas (Super) – a 23.885
24. Roberto Possas (Super) – a 24.333
25. Carol Nunes (Super) – a 25.560
26. Thiago Lopes (Super) – a 27.996
27. Silvio Gatão (Super) – a 28.635
28. Chris Bornemann (Pro) – a 29.096
29. Vito Ardito (Super) – a 29.535
30. Leandro Parizotto (Super) – a 1:28.182
31. Eduardo Doriguel (Super) – a 1 volta
32. Leo Rufino (Elite) – a 1 volta
33. Vinicius Bortolozo (Super) – a 1 volta
Não complertaram 75% da prova
34. Bruno Testa (Pro)
35. Humberto Guerra Jr (Pro)
36.Rodrigo Barone (Pro)
37. Thaline Chicoski (Elite)
38. Gustavo Teixeira (Elite)
39. Marcelo Zebra (Elite)
40. Thiago Sansana (Super)
41. Sandro Siqueira (Super)
42. Diego Augusto (Super)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *