Copa Shell HB20: Riberi e índio começam final da Copa Shell HB20 com vitórias

Campeonatos seguem em aberto e decisão acontece no domingo, a partir das 9h30, com trasmissão ao vivo dos canais Acelerados, Webmotors e Band Sports

O Autódromo de Interlagos recebe a última etapa da Copa Shell HB20 neste final de semana. A rodada dupla que definirá os campeões da temporada 2020 começou a ser disputada neste sábado (12) com a Etapa Sunset.

E, com o impressionante número de 40 carros no grid, a prova foi marcada por intensas disputas e muitas trocas de posição. Um dos únicos a não ultrapassar – ou ser ultrapassado – foi Thiago Riberi, que largou na pole position e manteve a ponta até a bandeirada final, se defendendo dos ataques de Raphael Abbate e Diego Ramos, que terminaram em segundo e terceiro respectivamente. Bruno Testa em quarto e Alberto Catucci em quinto completaram o pódio da Pro.

Já pela Super, o pole position Leonardo Reis manteve a ponta na largada, mas foi ultrapassado por Marcus Índio, que se deu bem e venceu a prova. Reis terminou em segundo, com Keka Teixeira em terceiro, Marcos Ramos em quarto e Edgar Colamarino em quinto.

Os resultados de hoje mantém os irmãos Reis na liderança da Super, agora com 148 pontos, contra 129 de Keka Teixeira e Edgar Colamarino. Na Pro, a disputa segue ainda mais apertada, com Diego Ramos na liderança com 143 pontos, contra 135 de Raphael Abbate e 126 de Thiago Riberi/ Luciano Viscardi. 

“Foi um resultado excelente. Na classificação consegui encaixar uma boa volta para garantir a pole. Encontramos um pouco de garoa em alguns pontos e isso ia mudando ao longo da corrida. Então em cada volta a gente encontrava a pista de um jeito. Por isso, acho que dei sorte pelas duas entradas de safety car que aconteceram. Isso ajudou a segurar um pouco a pressão que o Abbate vinha fazendo. Estamos na briga pelo campeonato”, comentou Riberi.

Na prova de amanhã Thiago cederá a pilotagem para seu parceiro Luciano Viscardi. “O nervosismo triplica quando você não está no controle do carro. Mas ano passado já passei por isso com meu parceiro Luciano Viscardi – eu era coach dele. Então espero repetir a experiência e o resultado do ano passado, quando ele venceu o título da Super”, finalizou o vencedor..

Os 40 carros da Copa Shell HB20 retornam à pista no domingo, para a decisão do campeonato. A largada acontece às 09h30, com transmissão ao vivo pelos canais do Acelerados no YouTube e do Webmotors no Facebook, e pelo Band Sports.

 

Classificação do campeonato (5 primeiros):

Pro
1. Diego Ramos – 143 pontos
2. Raphael Abbate – 135
3. Luciano Viscardi/Thiago Riberi – 126
4. André Bragantini – 104
5. Bruno Testa – 99

Super
1. Rafa/Leo Reis – 148 pontos
2. Keka Teixeira – 129
3. Edgar Colamarino – 129
4. Antonio Junqueira – 125
5. Marcus índio – 120

 
Veja como terminou a Etapa Sunset:
1. Thiago Riberi (Pro) – 11 voltas em 26min36s572
2. Raphael Abbate (Pro) – a 0s718
3. Diego Ramos (Pro) – a 1s338
4. Bruno Testa (Pro) – a 2s350
5. Alberto Cattucci (Pro) – a 3s352
6. Kleber Eletric (Pro) – a 8s967
7. Diego Augusto (Pro) – a 10s150
8. Fernando Jr (Pro) – a 10s904
9. Lucas Bornemann (Pro) – a 11s629
10. Marcus Índio (Super) – a 12s157
11. Leonardo Reis (Super) – a 15s033
12. Keka Teixeira (Super) – a 15s257
13. Beto Cavaleiro (Pro) – a 17s102
14. Marcos Ramos (Super) – a 17s755
15. Edgar Colamarino (Super) – a 20s642
16. Luiz Sena Jr (Pro) – a 20s644
17. Diego Vallini (Super) – a 20s881
18. Antonio Junqueira (Super) – a 23s392
19. Edson dos Reis (Super) – a 24s684
20. Rodrigo Detilio (Super) – a 25s782
21. Rafa Maeda (Super) – a 27s295
22. Bernardo Eliazar (Super) – a 28s177
23. Brendon Zonta (Super) – a 28s986
24. Eduardo Pavelski (Pro) – a 30s152
25. Thaline Chicoski (Super) – a 31s233
26. Rodrigo Elger (Super) – a 38s278
27. Rogerio Motta (Pro) – a 39s502
28. Marcelo Zebra (Super) – a 39s819
29. Marcelo Torrão (Super) – a 42s123
30. Leandro Parizotto (Super) – a 50s279
31. Enzo Gianfratti (Super) – a 50s787
32. Fabio Albuquerque (Super) – a 1min22s556
33. Sandro Siqueira (Super) – a 2min05s095
34. Christiano Bornemann (Pro) – a 3 voltas
35. Juba Giarreta (Super) – a 4 voltas
36. André Bragantini (Pro) – a 6 voltas
37. Daniel Nino (Pro) – a 7 voltas
38. Cassio Cortes (Pro) – a 7 voltas
39. Thiago Sansana (Super) – a 11 voltas
40. Matheus Francez (Super) – a 11 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *