Copa Truck: Roberval e Cirino vencem e Mercedes-Benz faz a festa em Santa Cruz do Sul

Roberval Andrade (Mercedes-Benz #15) venceu a corrida 1 da 2ª etapa da temporada 2022 da Copa Truck, em Santa Cruz do Sul. Na segunda prova, a vitória ficou com o companheiro na equipe ASG, o paranaense Wellington Cirino (#6), que já havia vencido uma prova no sábado. Após quatro corridas e duas etapas disputadas, dois pilotos estão empatados na liderança: Wellington Cirino e Beto Monteiro, ambos com 67 pontos. Paulo Salustiano (Volkswagen Meteor #55) é o terceiro, apenas dois pontos atrás dos ponteiros.

A largada da primeira prova da 2ª etapa da Copa Truck foi em fila indiana por decisão da Direção de Prova, para preservar a segurança, já que a pista estava molhada e escorregadia em alguns pontos. Paulo Salustiano largou na pole, foi atacado por Wellington Cirino antes da primeira curva. Os dois caminhões se tocaram, e quem conseguiu contornar a curva em primeiro foi Cirino, com Salustiano em sua captura.

Em seguida, Cirino escapou na curva do Laço, Salustiano tomou a liderança por alguns metros, mas na curva da Bota Roberval assumiu a ponta da corrida e foi abrindo. Beto Monteiro passou Salustiano na volta 2 e partiu para cima de Roberval. A disputa entre o Mercedes-Benz #15 e o Volkswagen Meteor #88 foi intensa durante algumas voltas, mas no final Roberval venceu com tranquilidade, seguido por Monteiro e Salustiano.

Roberval envolveu-se em um acidente na Corrida 2 da primeira etapa, no sábado, e a equipe ASG teve de trabalhar a madrugada inteira para sanar todos os problemas do caminhão. Todos as equipes se mobilizaram para que Roberval pudesse competir em Santa Cruz do Sul neste domingo e o trabalho rendeu bons frutos.

O estreante na Super Truck, o paulista Raphael Abbate chegou em 11º lugar e venceu na categoria. Logo atrás dele, chegou Evandro Camargo (12º), enquanto Danilo Alamini (Volkswagen Meteor #0) fechou o pódio, em 13º lugar.

Corrida 2: Cirino vence de novo, Monteiro chega em segundo

A corrida dois teve uma largada também movimentada. Débora Rodrigues partiu na pole, mas não teve como segurar as investidas dos adversários. Melhor para Wellington Cirino, que pulou na frente e escapou do enrosco na primeira curva envolvendo Débora, Salustiano e Luiz Lopes (Mercedes-Benz #99). Nisso, Beto Monteiro assumiu a segunda posição e passou a perseguir Cirino.

Na volta 4, Monteiro já tinha menos de 2 segundos para descontar para Cirino, e conseguiu isso rápido. Depois disso, o que se viu até o final da corrida foi Wellington Cirino se defendendo dos ataques de Beto Monteiro, mas mesmo assim o paranaense venceu pela segunda vez no fim de semana, apenas 0.151 à frente do rival. Em terceiro, chegou Paulo Salustiano, que também se defendeu de todos os ataques para subir ao pódio.

Danilo Alamini foi quem venceu a prova na Super Truck ao chegar em quarto lugar no geral. Raphael Abbate cruzou em segundo (7º no geral), à frente de Fabio Fogaça (Mercedes-Benz #27), o oitavo no geral, e terceiro no pódio.

Sendo assim, Raphael Abbate é o líder da Super Truck após duas etapas com 76 pontos. A segunda posição está empatada entre Danilo Alamini e Evandro Camargo, ambos com 63 pontos.

A terceira etapa da Copa Truck 2022 está programada para o dia 1º de maio, no Autódromo  José Carlos Pace, em Interlagos (SP), a principal pista do automobilismo brasileiro.

RESULTADO DA CORRIDA 1 – 2ª etapa – Santa Cruz do Sul

1°) #15 ROBERVAL ANDRADE (MB) – 15 voltas, em 27:23.472
2°) #88 BETO MONTEIRO (VW) – a 1.451
3°) #55 PAULO SALUSTIANO (VW) – a 14.562
4°) #83 REGIS BOESSIO (VOL) – a 16.592
5°) #6 WELLINGTON CIRINO (MB) – a 17.044
6°) #4 FELIPE GIAFFONE (IVE) – a 17.755
7°) #5 ADALBERTO JARDIM (MB) – a 34.582
8°) #7 DEBORA RODRIGUES (VW) – a 35.816
9°) #99 LUIZ LOPES (MB) – a 41.291
10°) #72 DJALMA FOGAÇA (MB) – a 54.367
11°) #26 RAPHAEL ABBATE (IVE) – a 55.296 (S)
12°) #69 EVANDRO CAMARGO (MB) – a 57.037 (S)
13°) #28 DANILO DIRANI (MB) – a 57.565
14°) #25 JAIDSON ZINI (MB) – a 58.252
15°) #27 FABIO FOGAÇA (MB) – a 1:01.093 (S)
16°) #0 DANILO ALAMINI (VW) – a 1:03.775 (S)
17°) #21 DJALMA PIVETTA (IVE) – a 1:13.658 (S)
18°) #33 RODRIGO TABORDA (VOL) – a 1:18.447 (S)
19°) #3 RICARDO ALVAREZ (SCA) – a 1:29.225 (S)
20°) #81 JOSE AUGUSTO DIAS (VW) – a 1:33.769 (S)
21°) #43 GLAUCO BARROS (MB) – a 1 volta (S)

RESULTADO DA CORRIDA 2 – 2ª etapa – Santa Cruz do Sul
1°) #6 WELLINGTON CIRINO (MB) – 11 voltas, em 21:57.644
2°) #88 BETO MONTEIRO (VW) – a 0.151
3°) #55 PAULO SALUSTIANO (VW) – a 8.997
4°) #0 DANILO ALAMINI (VW) – a 10.422 (S)
5°) #4 FELIPE GIAFFONE (IVE) – a 30.967
6°) #25 JAIDSON ZINI (MB) – a 31.512
7°) #26 RAPHAEL ABBATE (IVE) – a 34.778 (S)
8°) #27 FABIO FOGAÇA (MB) – a 40.973 (S)
9°) #81 JO DIAS (VW) – a 41.975 (S)
10°) #21 DJALMA PIVETTA (IVE) – a 47.387 (S)
11°) #7 DEBORA RODRIGUES (VW) – a 47.481
12°) #43 GLAUCO BARROS (MB) – a 52.603 (S)
13°) #69 EVANDRO CAMARGO (MB) – a 53.667 (S)
14°) #72 DJALMA FOGAÇA (MB) – a 54.142
15°) #33 RODRIGO TABORDA (VOL) – a 58.154 (S)
16°) #99 LUIZ LOPES (MB) – a 58.319
17°) #5 ADALBERTO JARDIM (MB) – a 1:03.298
18°) #29 PP FERNANDES (MB) – a 2 voltas (S)
19°) #28 DANILO DIRANI (MB) – a 3 voltas
20°) #15 ROBERVAL ANDRADE (MB) – a 6 voltas
21°) #83 REGIS BOESSIO (VOL) – a 6 voltas
22°) #3 RICARDO ALVAREZ (SCA) – a 6 voltas (S)

(S) = SUPER TRUCK

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *