Copa Vicar: Atrapalhado em sua melhor volta, Serafim é apenas décimo sexto

Tudo caminhava para um resultado excepcional, mas uma bandeira vermelha em sua melhor volta, tirou de Serafin Junior (Esbra, Shiptec) uma posição entre os 10 melhores da categoria.

“No momento em que percebi que a pista estava mais rápida coloquei pneus novos, vinha numa volta matadora quando, a minha frente, estourou o motor do Beto Giorgi. Tive de tirar o pé e logo depois veio a bandeira vermelha. Na seqüencia com a pista suja na entrada da reta ficou difícil melhorar o tempo.” Comentava ao final do treino o piloto.

Já Giuseppe Vecci (Parmalat, Sama mineradora, Governo de Goiás), novo companheiro de Serafin na W2, estava bastante feliz ao final do treino. “Correr em Brasília foi uma decisão de última hora, não treinei na sexta e nunca havia andado nesse carro. Fui direto para a classificação e só passei dois pneus novos. A W2 me entregou um carro perfeito e muito equilibrado, não fosse a falta de tempo para treinar estaria na mesma balada de meu companheiro.”

Os dois pilotos seguem para corrida sabendo que tem carros para escalar o pelotão. “Vamos pra cima.” Foi a frase final de Serafin Junior.

A segunda etapa da Copa Vicar acontece neste domingo a partir das 12 horas e 45 min.com transmissão ao vivo pela Sportv.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *