Copa Vicar: Equipe Carlos Alves Campetition estreia marcando pontos importantes

O domingo (29) ensolarado em Interlagos foi palco da vitória do piloto Paulo Salustiano, na abertura da temporada da Copa Nextel. Essa conquista inédita na carreira do paulista, demonstra a grande importância e o valor da Copa Vicar, uma vez que Salustiano emergiu da ultima temporada da Copa Vicar, direto para a pole position e vitória de ponta a ponta, na Copa Nextel.

Por sua vez, o paranaense Julio Campos (Sherwin Williams) piloto contratado da Carlos Alves Competition Team, embora tenha largado na 10ª posição do grid, fez uma boa estréia na 1ª etapa da Copa Vicar, conseguindo terminar a prova na 5ª colocação, abocanhando 12 pontos, que serão de grande importância para a equipe, na sua luta para retornar para a Copa Nextel.

“Foi uma ‘suadeira’, mas foi muito bom. Do meio da corrida para frente, o acelerador não retornava completamente, ficava ‘preso’ entre 2 e 3.000 giros, o que dificultava muito a freada. Tinha que frear e pisar na embreagem ao mesmo tempo, o que atrapalhava a aproximação das curvas, sendo obrigado a frear muito mais cedo”, desabafou o curitibano no fim da corrida.
“A gente não acertou o ‘set up’ do carro para essa prova, mas como foi a primeira corrida, ainda temos muito tempo corrigir os erros e acertar o carro para a próxima etapa em Brasília. Mas, também foi muito bom pelos pontos e pelo carro ter agüentado a corrida até o fim, sem quebrar”, concluiu o piloto.

Já o paulista Marcelo Tomasoni (CM Capital Markets), piloto do outro carro da equipe, que teve problemas na classificação do sábado e largou em 23º, fez uma boa largada e ainda se livrou de uma confusão na primeira volta, saindo com seu carro ileso de um acidente na curva do “S” de baixa. Com essa manobra o piloto ganhou 3 posições logo na primeira volta e continuou imprimindo um forte ritmo até alcançar a 14ª posição durante o decorrer da corrida. Ficou na zona de pontuação por muitas voltas, até que foi abandonado pela sorte, e, faltando apenas 3 voltas para o término da corrida, perdeu três posições e concluiu a prova na 17ª colocação.

“Os pontos escaparam da minha mão. Vinha fazendo uma boa corrida acompanhando o pelotão e conseguindo defender a minha posição dos ataques dos adversários. Continuei assim por muitas voltas, mas, já no fim da corrida, um erro me custou importantes posições”, explicou Tomasoni.
“Foi a primeira corrida da temporada, depois da prova conversei bastante com o Carlão e tenho certeza que vou buscar uns pontos na próxima etapa em Brasília”, concluiu o paulista.

O titular da equipe, Carlão Alves, mostrou satisfação com o resultado da corrida:

“Achei o resultado bem legal, essa prova foi o início do trabalho que estamos realizando, na luta pelo título da Vicar, e, vamos trabalhar bastante nos carros para disputarmos a vitória em Brasília. O Julio Campos foi muito bem, embora o carro ficasse devendo um pouco, mas ele conseguiu o nosso objetivo que era chegar entre os 5 primeiros”, contabilizou Carlos Alves.

“O Tomasoni fez uma boa corrida, e ele me surpreendeu positivamente, por batalhar pelos pontos durante toda a prova. Tenho certeza que ele tem potencial suficiente para andar sempre na zona de pontuação”, concluiu o experiente Carlão.

A equipe Carlos Alves Competition Team, vai desmontar os dois Peugeot 307 e fazer uma minuciosa revisão para a corrida de maio em Brasília, focada na luta pelo título da Copa Vicar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *