Diretor da Fórmula 1 critica falta de ultrapassagem no primeiro GP da temporada

A temporada da Fórmula 1 começou no último fim de semana, e apesar da grande expectativa que os amantes do esporte, a corrida não teve tanta emoção e foi alvo de críticas de um dos homens mais importantes da modalidade. O diretor esportivo Ross Brawn concedeu entrevista à imprensa e afirmou que a incapacidade dos carros fez com que o GP tivesse tão poucas ultrapassagens (foram cinco no total).

Um ingrediente muito importante que está faltando, as ultrapassagens. É fundamental que os carros sejam capazes de se aproximar uns dos outros e ficar próximos um do outro. Um dos nossos objetivos, que estamos vendo com a FIA e as equipes, é que, para a temporada de 2021, queremos ter carros que permitam que os pilotos realmente lutem uns contra os outros na pista. destacou Brawn

O diretor também afirmou que a velocidade dos carros precisa ser semelhante entre os carros.

“Quando não há uma diferença de velocidade entre dois carros, é praticamente impossível para o carro que está atrás chegar perto o suficiente para fazer uma investida. Pense na quantidade de roda a roda que perdemos. E, pela primeira vez, tivemos uma terceira zona de DRS especificamente para aumentar as chances de ultrapassagem.”

Por fim, Brawn lembrou que os fãs da modalide buscam emoção sempre que assistem uma corrida de Fórmula 1.

”Os fãs de Fórmula 1 querem ver um show melhor e a ultrapassagem é o elemento mais emocionante e espetacular que você pode ter na pista. Toda a comunidade da Fórmula 1 deve fazer um esforço para satisfazer essa necessidade, porque os fãs são o nosso maior trunfo.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *