DTM: Augusto Farfus vence em Hockenheim

O brasileiro Augusto Farfus (RBM BMW) venceu neste domingo (05/05), em Hockenheim, na Alemanha, a prova de abertura do Campeonato Alemão de Turismo. Os alemães Dirk Werner (Schnitzer BMW) e Christian Vietoris (HWA Mercedes) completaram o pódio.

Pole-position, o alemão Timo Scheider (Abt Audi) manteve a ponta na largada, seguido por Farfus, o segundo no grid. Na 6ª volta, o brasileiro superou o bi-campeão, usando o DRS no hairpin. Na volta seguinte, o Safety-Car foi acionado, devido ao carro em chamas do francês Adrien Tambay, parceiro de equipe de Scheider.

Os líderes foram para os boxes, para o primeiro pit stop obrigatório. Com uma estratégia diferente, Farfus trocou os pneus macios pelos duros, sendo o terceiro na relargada na 8ª volta. Com os rivais usando pneus macios, Farfus foi perdendo posições.

Com mais uma parada obrigatória, o brasileiro voltaria para os pneus macios na segunda parada nos boxes, na 24ª volta. O regulamento obriga os pilotos a usar os dois tipos de pneus durante a prova.

Com os pneus macios, Farfus passou a ser um segundo mais rápido do que os rivais. Quando Werner, o último a fazer a parada e também uma estratégia diferente, entrou nos boxes, o brasileiro reassumiu a ponta com menos de dez voltas para o final.

Farfus recebeu a bandeirada com 3s6 de vantagem sobre Werner, que alinhou em último e fez uma grande prova. Foi a segunda vitória de Farfus na categoria.

“Foi um fim de semana fantástico, perfeito! A equipe fez uma ótima estratégia, paramos na hora certa, especialmente no primeiro pit-stop quando o safety car entrou. Tudo funcionou, fizemos a melhor volta e nosso ritmo era bom tanto com os pneus duros quanto com os macios em relação aos outros nas mesmas condições, isso foi determinante” declarou Farfus.

Vietoris, com estratégia parecia co ma de Werner (esticar o turno com pneus duros antes da segunda parada) conquistou o seu primeiro pódio no DTM.

O britânico Gary Paffett (HWA Mercedes) terminou em quarto, seguido pelo atual campeão, o canadense Bruno Spengler (Schnitzer BMW), com quem bateu rodas várias vezes durante a prova.

Scheider perdeu posições, ao retardar a primeira parada. No decorrer da prova o alemão foi se recuperando, para terminar em sexto.

O britânico Joey Hand (RBM BMW), Mike Rockenfeller (Phoenix Audi), o estreante Marco Wittmann (MTEK BMW) e o espanhol Roberto Merhi (HWA Mercedes) completaram a zona de pontos.

O ex-F-1 alemão Timo Glock (MTEK BMW) abandonou.

A próxima etapa acontece daqui a duas semanas, em Brands Hatch, na Inglaterra.

Final:

1) Augusto Farfus – RBM BMW – 42 voltas – 1h10min11s583
2) Dirk Werner – Schnitzer BMW – a 3.692
3) Christian Vietoris – HWA Mercedes- a 9.675
4) Gary Paffett – HWA Mercedes – a 12.613
5) Bruno Spengler – Schnitzer BMW – a 13.212
6) Timo Scheider – Abt Audi – a 13.753
7) Joey Hand – RBM BMW – a 14.100
8) Mike Rockenfeller – Phoenix Audi – a 14.477
9) Marco Wittmann – MTEK BMW – a 17.894
10) Roberto Merhi – HWA Mercedes – a 19.537
11) Pascal Wehrlein – Mucke Mercedes – a 20.902
12) Daniel Juncadella – Mucke Mercedes – a 26.169
13) Martin Tomczyk – RMG BMW – a 30.904
14) Jamie Green – Abt Audi – a 41.166
15) Miguel Molina – Phoenix Audi – a 43.535
16) Filipe Albuquerque – Rosberg Audi – a 54.077
17) Andy Priaulx – RMG BMW – a 2 voltas
Não completaram:
Mattias Ekstrom – Abt Audi
Edoardo Mortara – Rosberg Audi
Timo Glock – MTEK BMW
Robert Wickens – HWA Mercedes
Adrien Tambay – Abt Audi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *