DTM: Com 8º lugar, Augusto Farfus fecha corrida 1 em Zandvoort nos pontos

Neste sábado (14) aconteceu a primeira corrida da 5ª etapa do DTM, em Zandvoort, na Holanda, onde Augusto Farfus conquistou pontos importantes para sua retomada na competição. O brasileiro da BMW largou na décima colocação, e andou praticamente a prova toda entre os dez melhores, conquistando o 8º lugar na prova que marcou exatamente o fim da primeira metade do campeonato, aumentando as expectativas para a segunda corrida na pista holandesa, que acontece neste domingo (15).

Embora a pista de Zandvoort não possua muitos pontos de ultrapassagem, a corrida foi movimentada, com os pilotos trabalhando mais na estratégia. Em um de seus circuitos favoritos no calendário, onde tem um retrospecto muito positivos em provas do DTM, Farfus optou por parar cedo nos boxes para a troca de pneus obrigatória, e contou com a agilidade da equipe RMG em um bom pit-stop. A maioria do grid fez o mesmo, com o objetivo de evitar o tráfego do início da prova e ter mais pista livre.

Farfus saiu dos boxes de volta ao top-10, após ter perdido uma posição na largada, logo atrás de seus companheiros de equipe Timo Glock e Marco Wittmann, todos no mesmo ritmo. A corrida ainda foi marcada pela intervenção do safety-car, após um incidente com Nico Müller. Após a relargada, as brigas se intensificaram no pelotão da frente, mas sem alteração nas posições, com exceção do então líder René Rast, que ainda não tinha feito seu pit-stop. Dessa forma, Farfus completou as 34 voltas com o 8º lugar, somando mais quatro pontos para o campeonato e subindo uma posição na tabela.

O resultado marca de forma positiva o início da etapa para Augusto, que busca recuperação na temporada do DTM após um primeiro semestre de altos e baixos. Além disso, Zandvoort traz boas lembranças para o curitibano, que venceu a corrida em 2013, quando foi vice-campeão; conquistou outro pódio em 2015; e foi pole position em 2015 e 2017; entre outros bons resultados.

Nesta primeira corrida da rodada dupla, o pódio foi exclusivo da Mercedes, com os britânicos Gary Paffett e Paul di Resta em primeiro e segundo, e o austríaco Lucas Auer em terceiro.

A corrida deste domingo terá transmissão ao vivo pela Bandsports, a partir das 8h30, horário de Brasília. Os fãs brasileiros também podem acompanhar as corridas pelo YouTube, acessando através do site www.farfus.com na aba Live Races.

Augusto Farfus:

“Começamos a encontrar um ritmo bom do carro e o aprendizado na corrida 1 foi muito importante para amanhã podermos brigar mais pelas posições da frente. Fizemos o que foi possível, já que é bem difícil ultrapassar aqui. As Mercedes são as favoritas, até pelo que mostraram hoje, mas acredito que com uma boa tomada de tempo podemos brigar no top-5. Esse será o objetivo para amanhã, que deve ter um clima seco novamente, o que nos dá a chance de continuar o trabalho deste sábado.”

Confira o resultado da corrida 1 em Zandvoort:
1 – Gary Paffett (Mercedes) – HWA – 34 voltas 57’29″724
2 – Paul Di Resta (Mercedes) – HWA – 1″422
3 – Lucas Auer (Mercedes) – HWA – 1″865
4 – Pascal Wehrlein (Mercedes) – HWA – 2″290
5 – Robin Frijns (Audi) – Abt – 2″697
6 – Timo Glock (BMW) – RMR – 4″122
7 – Marco Wittmann (BMW) – RMG – 6″863
8 – Augusto Farfus (BMW) – RMG – 7″201
9 – Joel Eriksson (BMW) – RBM – 7″867
10 – Jamie Green (Audi) – Rosberg – 8″548
11 – Loic Duval (Audi) – Phoenix – 8″885
12 – Bruno Spengler (BMW) – RBM – 10″099
13 – Edoardo Mortara (Mercedes) – HWA – 10″458
14 – Philipp Eng (BMW) – RMR – 10″787
15 – Mike Rockenfeller (Audi) – Phoenix – 11″444
16 – Daniel Juncadella (Mercedes) – HWA – 11″918
17 – René Rast (Audi) – Rosberg – 39″538

Não completou:
Nico Muller

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *