DTM: Em corrida conturbada, toque tira Augusto Farfus dos pontos na corrida 2 em Misano

A chuva novamente foi protagonista na etapa noturna do DTM em Misano, na Itália. Após o 3º treino livre no seco, a classificação aconteceu com pista molhada, assim como a largada da prova deste domingo (26), que, ainda tinha a pista bem molhada, apesar de não estar chovendo no momento. Assim como no dia anterior, as condições traiçoeiras do traçado fizeram suas vítimas, entre eles, Augusto Farfus, que teve de abandonar a prova após um toque, quando disputava a 8ª posição, tirando suas chances de pontuar na corrida.

Com começo às 22h30 (horário local), a primeira volta teve alguns toques, já mostrando que a prova contaria com disputas acirradas. Largando em 14º, Farfus e a equipe BMW Team RMG optaram por fazer a parada obrigatória logo na terceira volta, trocando os pneus de chuva por pneus slick, apostando que a pista secaria logo. Mais da metade do grid também fez seus pit-stops nas voltas iniciais, porém, o clima foi decisivo, já que a chuva voltou com força na volta 10, forçando o brasileiro e várias outros pilotos a fazerem uma segunda parada, voltando para os pneus de chuva.

Após esse imprevisto na estratégia, Farfus voltou à pista na 10ª posição, com apenas quatro carros à sua frente que ainda não tinham feito as paradas. Com a escapada de Lucas Auer, que ficou preso na brita, o safety-car foi acionado na volta 13. Por causa das condições de pista, a relargada foi feita excepcionalmente em fila indiana, e não em fila dupla, conforme o regulamento, e Augusto pulou para 9º. O curitibano do carro #15 vinha com bom ritmo, e ao ultrapassar Nico Müller, tomou um toque que o fez rodar e bater no muro, obrigando seu abandono imediato na metade da disputa.

Pouco depois, Daniel Juncadella e Gary Paffett se tocaram, complicando a vida do então líder do campeonato, que não pontuou em nenhum das das provas da etapa.

A vitória ficou com Joel Eriksson, da BMW, que foi o único piloto do grid a fazer apenas uma parada, dentre os que entraram no box antes do safety-car. Edoardo Mortara, que liderou boa parte da prova, terminou em 2º, e René Rast fechou o pódio em 3º. Convidado na etapa, Alessandro Zanardi se beneficiou da estratégia e terminou no honroso 5º lugar.

Apesar de não ser recompensado com pontos na rodada dupla italiana, Augusto Farfus ressaltou a boa performance ao longo do fim de semana, e já olha para o próximo desafio no DTM. A oitava etapa do campeonato acontece entre os dias 07 e 09 de setembro, no tradicional circuito alemão de Nürburgring.

Augusto Farfus:

“A corrida foi maluca, com a pista molhada no início, depois secando, e então com chuva forte novamente. Estávamos indo bem, andando forte na zona de pontos, mas tomei o toque quando fui ultrapassar o Nico Müller. Infelizmente, numa condição assim, qualquer incidente pode te tirar da corrida, o que foi uma pena. Mas levamos daqui a performance competitiva, e vamos focar na próxima etapa em Nürburgring”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *