DTM: Marco Wittmann e Antonio Felix da Costa vencem em Zandvoort

O alemão Marco Wittmann (RMG BMW M4 DTM) e o português Antonio Felix da Costa (Schnitzer BMW M4 DTM) foram os vencedores da quarta etapa da temporada, disputada em Zandovoort, na Holanda.

Prova 1:

No sábado (11/07), Wittmann venceu a primeira prova. Foi a sua primeira vitória no ano, e quinta na categoria. Felix da Costa e o belga Maxime Martin (RMG BMW M4 DTM) completaram o pódio.

Wittmann assumiu a liderança na largada, ao superar o pole-position, o brasileiro Augusto Farfus BRA (RBM BMW M4 DTM). No restante da prova, de 40 minutos, o alemão resistiu aos vários ataques de Felix da Costa, recebendo a bandeirada com apenas 0s4 de vantagem. Martin fechou o pódio.

Farfus terminou em quarto, seguido pelo canadense Bruno Spengler (MTEK BMW M4 DTM), o alemão Timo Glock (MTEK BMW M4 DTM) e o britânico Tom Blomqvist (RBM BMW M4 DTM). Das oito BMW na prova, apenas uma não terminou entre os sete primeiros.

O alemão Mike Rockenfeller (Phoenix Audi RS5 DTM), o suíço Nico Muller (Rosberg Audi RS5 DTM) e o alemão Pascal Wehrlein (HWA Mercedes AMG C63 DTM) completaram os dez primeiros.

A prova teve a intervenção do Safety-Car, por cinco voltas. Logo após a largada, o britânico Paul di Resta (HWA Mercedes AMG C63 DTM) e o canadense Robert Wickens (HWA Mercedes AMG C63 DTM) se tocaram. Com o ex-piloto da Force India na F-1, terminando a prova na barreira de proteção.

Final, prova 1:

1. Marco Wittmann GER RMG BMW M4 DTM 25 voltas
2. Antonio Felix da Costa POR Schnitzer BMW M4 DTM +0.464
3. Maxime Martin BEL RMG BMW M4 DTM +2.229
4. Augusto Farfus BRA RBM BMW M4 DTM +3.768
5. Bruno Spengler CAN MTEK BMW M4 DTM +4.514
6. Timo Glock GER MTEK BMW M4 DTM +6.054
7. Tom Blomqvist GBR RBM BMW M4 DTM +7.273
8. Mike Rockenfeller GER Phoenix Audi RS5 DTM +7.837
9. Nico Muller SUI Rosberg Audi RS5 DTM +8.677
10. Pascal Wehrlein GER HWA Mercedes AMG C63 DTM +9.041
11. Gary Paffett GBR ART Mercedes AMG C63 DTM +12.217
12. Christian Vietoris GER HWA Mercedes AMG C63 DTM +12.906
13. Mattias Ekstrom SWE Abt Sportsline Audi RS5 DTM +15.738
14. Timo Scheider GER Phoenix Audi RS5 DTM +17.847
15. Maximilian Gotz GER Mucke Mercedes AMG C63 DTM +20.492
16. Daniel Juncadella ESP Mucke Mercedes AMG C63 DTM +24.636
17. Lucas Auer AUT ART Mercedes AMG C63 DTM +25.656
18. Adrien Tambay FRA Abt Audi RS5 DTM +30.023
19. Jamie Green GBR Rosberg Audi RS5 DTM +8 voltas

Abandonos:
Robert Wickens CAN HWA Mercedes AMG C63 DTM +10
Miguel Molina ESP Abt Sportsline Audi RS5 DTM +12  
Edoardo Mortara ITA Abt Audi RS5 DTM +19
Martin Tomczyk GER Schnitzer BMW M4 DTM +20  
Paul di Resta GBR HWA Mercedes AMG C63 DTM 0

Prova 2:

No domingo (12/07), Felix da Costa venceu pela primeira vez na categoria. Foi também a primeira vitória de um português no DTM. Farfus conquistou o seu primeiro pódio no ano.

Pole-position pela primeira vez, Felix da Costa venceu de ponta a ponta. Após o pit stop obrigatório (na prova longa de 60 minutos de duração), Farfus ganhou a segunda posição, ao superar Spengler.

Felix da Costa sofreu uma forte pressão do brasileiro nos momentos finais (quando a chuva apareceu), mas conseguiu manter a liderança. E vencer com apenas 0s4 de vantagem sobre Farfus.

“Fizemos um ótimo fim de semana, confirmando o grande potencial da BMW. Nosso carro era extremamente competitivo na segunda prova, talvez o equipamento mais rápido da corrida, mas a ultrapassagem aqui é praticamente impossível. Fiz a prova inteira esperando um erro do António (Felix da Costa) para tentar a ultrapassagem, mas não aconteceu, então voltamos para casa com um 2º e um 4º lugar e importantes pontos no campeonato, o que nos enche de esperança. Vale lembrar que corremos com 30 kg a menos, o que ajudou na nossa performance. Mas agora temos que continuar trabalhando e evoluindo o equipamento, porque a próxima prova é na Áustria, onde também andei bem no ano passado, então tem tudo para ser um bom fim de semana, com muitos pontos, para subirmos no campeonato”, declarou Farfus.

Glock foi o quarto, seguido por Wittmann e Wehrlein. O sueco Mattias Ekström (Abt Sportsline Audi RS5 DTM), o alemão Christian Vietoris (HWA Mercedes AMG C63 DTM), o francês Adrien Tambay (Abt Audi RS5 DTM) e o britânico Gary Paffett (ART Mercedes AMG C63 DTM) fecharam os dez primeiros.

O britânico Jamie Green (Rosberg Audi RS5 DTM) saiu zerado de Zandvoort, mas mantém a liderança do campeonato com 81 pontos, seguido por Ekström e Wehrlein, empatados com 76.

A próxima etapa acontece entre os dias 31 de julho e 2 de agosto no circuito de Red Bull Ring, na Áustria.

Final, prova 2:

1. Antonio Felix da Costa POR Schnitzer BMW M4 DTM 38 voltas
2. Augusto Farfus BRA RBM BMW M4 DTM +0.473
3. Bruno Spengler CAN MTEK BMW M4 DTM +1.091
4. Timo Glock GER MTEK BMW M4 DTM +1.710
5. Marco Wittmann GER RMG BMW M4 DTM +4.975
6. Pascal Wehrlein GER HWA Mercedes AMG C63 DTM +10.954
7. Mattias Ekstrom SWE Abt Sportsline Audi RS5 DTM +11.275 seconds +11.567  
8. Christian Vietoris GER HWA Mercedes AMG C63 DTM +11.567
9. Adrien Tambay FRA Abt Audi RS5 DTM +11.910
10. Gary Paffett GBR ART Mercedes AMG C63 DTM +12.247
11. Mike Rockenfeller GER Phoenix Audi RS5 DTM +12.661
12. Miguel Molina ESP Abt Sportsline Audi RS5 DTM +15.130
13. Jamie Green GBR Rosberg Audi RS5 DTM +15.942
14. Paul di Resta GBR HWA Mercedes AMG C63 DTM +16.456
15. Timo Scheider GER Phoenix Audi RS5 DTM +16.863
16. Maximilian Gotz GER Mucke Mercedes AMG C63 DTM +18.319
17. Maxime Martin BEL RMG BMW M4 DTM +29.708
18. Tom Blomqvist GBR RBM BMW M4 DTM +32.670
19. Robert Wickens CAN HWA Mercedes AMG C63 DTM +52.235
20. Lucas Auer AUT ART Mercedes AMG C63 DTM +52.818
21. Nico Muller SUI Rosberg Audi RS5 DTM +8 voltas

Abandonos:

Edoardo Mortara ITA Abt Audi RS5 DTM +18
Daniel Juncadella ESP Mucke Mercedes AMG C63 DTM +18
Martin Tomczyk GER Schnitzer BMW M4 DTM +23

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *