DTM: Maximilian Goetz vence as duas provas em Norisring e conquista o título

O alemão Maximilian Goetz (Mercedes/HRT) venceu as duas provas da última etapa da temporada, disputadas em Norisring, na Alemanha, e conquistou o título da temporada 2021 do DTM (Deutsche Tourenwagen Masters).

Goetz, que começou a disputa pelo título em terceiro lugar, venceu a primeira prova, no sábado, seguido pelo indiano Arjun Maini (Mercedes/GetSpeed) e o então líder do campeonato o neozelandês Liam Lawson (Ferrari/AF Corse), que alinhou na pole.

Segundo na tabela de pontos, o sul-africano Kelvin van der Linde (Audi/Abt) terminou em quarto.

Competindo como convidado, sem direito a somar pontos, o brasileiro Lucas di Grassi (Audi/Abt) terminou na 15ª posição.

Para a última prova, Lawson somava 224 pontos, seguido por van der Linde com 206 e Goetz com 205.

Neste domingo Lawson marcou novamente a pole, para a prova decisiva. Mas logo na largada ele foi acertado por van de Linde, tendo que parar nos boxes várias vezes, para reparos.

Goetz contou então com as ordens da Mercedes, com o austríaco Lucas Auer (Mercedes/Winward) facilitando a vitória do alemão. O alemão Maximilian Buhk (Mercedes/Mucke) fechou o último pódio do ano, todo da Mercedes.

Van de Linde, depois de um toque com Goetz, teve um pneu furado. Terminando na 17ª posição. Lawson levou o carro até o final, mas com 26 voltas de atraso, não foi classificado. Di Grassi terminou na 12ª posição.

Goetz conquistou o título com 230 pontos, três a mais do que Lawson.

Final, prova 1, sábado 09 outubro:

1 – Maximilian Goetz (Mercedes) – HRT – 67 voltas em 56’30″701
2 – Arjun Maini (Mercedes) – GetSpeed – 7″651
3 – Liam Lawson (Ferrari) – AF Corse – 8″043
4 – Kelvin van der Linde (Audi) – Abt – 11″678
5 – Nick Cassidy (Ferrari) – AF Corse – 11″974
6 – Lucas Auer (Mercedes) – Winward – 14″593
7 – Daniel Juncadella (Mercedes) – GruppeM – 15″109
8 – Nico Müller (Audi) – Rosberg – 15″601
9 – Maximilian Buhk (Mercedes) – Mucke – 24″629
10 – Philip Ellis (Mercedes) – Winward – 25″245
11 – Esteban Muth (Lamborghini) – T3 – 29″361
12 – Marco Wittmann (BMW) – Walkenhorst – 29″712
13 – Sophia Florsch (Audi) – Abt – 31″358
14 – Vincent Abril (Mercedes) – HRT – 32″163
15 – Lucas di Grassi (Audi) – Abt – 3’13″091
16 – Dev Gore (Audi) – Rosberg – 2 voltas
17 – Timo Glock (BMW) – Rowe – 6 voltas

Volta mais rápida: Nico Muller 49″414

Abandonos:
Esmee Hawkey (Lamborghini) – T3 – 32 voltas
Sheldon van der Linde (BMW) – Rowe – 29
Mike Rockenfeller (Audi) – Abt –

Final, prova 2, domingo 10 outubro:

1 – Maximilian Goetz (Mercedes) – HRT – 67 voltas em 56’29″301
2 – Lucas Auer (Mercedes) – Winward – 0″869
3 – Maximilian Buhk (Mercedes) – Mucke – 5″339
4 – Mike Rockenfeller (Audi) – Abt – 6″395
5 – Daniel Juncadella (Mercedes) – GruppeM – 9″310
6 – Arjun Maini (Mercedes) – GetSpeed – 12″012
7 – Marco Wittmann (BMW) – Walkenhorst – 15″932
8 – Vincent Abril (Mercedes) – HRT – 17″811
9 – Sophia Floersch (Audi) – Abt – 22″657
10 – Philip Ellis (Mercedes) – Winward – 24″700
11 – Timo Glock (BMW) – Rowe – 24″974
12 – Lucas di Grassi (Audi) – Abt – 41″792
13 – Nick Cassidy (Ferrari) – AF Corse – 1 volta
14 – Dev Gore (Audi) – Rosberg – 1
15 – Nico Miller (Audi) – Rosberg – 1
16 – Sheldon van der Linde (BMW) – Rowe – 1
17 – Kelvin van der Linde (Audi) – Abt – 1

Volta mais rápida: Nick Cassidy 49″048

Abandonos:

Liam Lawson (Ferrari) – AF Corse – 41 voltas
Esmee Hawkey (Lamborghini) – T3 – 31
Esteban Muth (Lamborghini) – T3 – 2

Campeonato:

1.Goetz 230 pontos; 2.Lawson 227; 3.K.van der Linde 208; 4.Wittmann 171; 5.Auer 152; 6.Albon 130; 7.Ellis 129; 8.Rockenfeller 89; 9.Juncadella 77; 10.Muller 56

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *