Em Interlagos, Pedro Cardoso disputa o título da Stock Light 2018

Chegou o momento da tão esperada final da temporada 2018 da Stock Light. A prova decisiva acontece neste domingo (9), em Interlagos, e, ao contrário de todas as etapas anteriores do ano, será disputada uma corrida única, valendo pontuação dobrada. São quatro pilotos brigando pelo título da categoria de acesso para a Stock Car, a principal do automobilismo brasileiro, entre eles o brasiliense Pedro Cardoso. Ele chega embalado por uma ótima sequência de resultados, com destaque para duas vitórias nas últimas três etapas, e precisa de mais um triunfo no topo do pódio para tentar ser campeão.

Após uma carreira vitoriosa no kartismo nacional e internacional, e os títulos de Campeão Brasileiro e Sul-Americano de Formula 4 (2015), e experiências em categorias como a F3 Brasil e EuroFormula Open, Cardoso estreou neste ano na Stock Light, começando a correr nos “carros fechados”. O piloto assinou com a Carlos Alves Competições – equipe que também está na Stock Car -, e teve performances fortes desde o início do campeonato. Porém, alguns problemas mecânicos e acidentes roubaram pontos importantes do brasiliense na primeira metade da temporada, e ele ocupava a 9ª colocação entre 26 pilotos após três etapas. Depois, durante a Copa do Mundo, o calendário teve uma pausa de quase 70 dias, e houve um treino da categoria no VeloCittà, onde Pedro liderou todas as sessões. Isso foi apenas uma prova do que viria no segundo semestre.

Logo em Goiânia, no evento da Corrida do Milhão da Stock Car, o piloto marcou a pole position e fez duas grandes corridas, mas que ainda não se converteram em pontos na ocasião. A redenção veio na etapa seguinte, em Campo Grande. Cardoso largou em 3º e se manteve na cola do primeiro colocado, até assumir a liderança com uma bela ultrapassagem para garantir sua primeira vitória na categoria na corrida 1 da rodada dupla. A partir daí, engatou uma sequência de ótimos resultados, foi subindo na tabela e deixando outros concorrentes para trás. Venceu novamente a corrida principal no VeloCittà, e manteve a regularidade de bons pontos em Londrina, somando outros dois top-5 e dois top-10 para manter-se vivo na briga pelo título.

Com 140 pontos, a diferença de Pedro Cardoso – 4º colocado na tabela – é de 55 pontos para o líder – o também brasiliense Rafael Reis. Ainda têm chances também o paulista Enzo Bortoletto e o paranaense Gustavo Frigotto. Para o piloto da equipe Carlos Alves, é necessário vencer e torcer por uma combinação de resultados para ser campeão. Mas, apesar de almejar o título, Cardoso se mostra satisfeito por um ano de muita evolução, aprendizado e novos desafios, assim, o objetivo é fazer o melhor trabalho possível na etapa, e o resultado final será uma consequência disso.

As atividades de pista em Interlagos começam nesta sexta-feira, com dois treinos livres. No sábado, acontece apenas a classificação, que define o grid de largada. A grande final da Stock Light está marcada para domingo, a partir das 8h, com transmissão ao vivo pelo Sportv. A prova antecede também a decisão do título da Stock Car, que está entre Daniel Serra e Felipe Fraga.

Pedro Cardoso:

“Foi um ano em geral muito positivo. Essa foi minha primeira experiência em carros fechados, minha primeira temporada na categoria, e chegamos à última etapa brigando para ser campeão, o que era nosso objetivo. Temos de ressaltar a evolução ao longo do ano, minha adaptação a esse novo desafio e todos os bons resultados que conquistamos. Tenho duas vitórias e uma pole position até agora, e vou em busca de mais uma vitória para tentar o título”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *