F-3 Japonesa: Segundo em Fuji, Suzuki conquista melhor resultado na temporada

Brasileiro fez sua melhor corrida do ano e ressaltou evolução após as duas primeiras rodadas. “Entramos na briga por vitórias”, acredita

A terceira rodada dupla da Fórmula 3 Japonesa, disputada neste fim de semana no circuito de Fuji, pode ser considerada um divisor de águas na temporada de estréia do brasileiro Rafael Suzuki no Japão. As provas deste sábado e domingo marcaram suas primeiras chances reais de vitória na competição, e alçaram o brasileiro à terceira posição no campeonato. Suzuki tem agora 25 pontos na tabela, contra 28 do vice-líder, Yuhi Sekiguchi.

Na corrida deste domingo, ele conquistou mais um pódio, desta vez na segunda colocação. Foi o melhor resultado de Suzuki no Japão, não só em relação à posição de chegada mas, principalmente, em relação à maneira como a corrida se desenrolou ao longo de suas 21 voltas.

“Esta foi uma etapa muito produtiva, e considero meu primeiro fim de semana de verdade na competição. Perdi a primeira pole position por 10 milésimos de segundo, e a outra por 90 milésimos. Fizemos dois pódios e, neste domingo, disputei a vitória a corrida toda”, narrou o brasileiro.

Na rodada de abertura da F-3 Japonesa, ainda vivendo um período de adaptação ao difícil circuito de Suzuka, Rafael chegou ao pódio mas viveu as dificuldades naturais de uma estréia sem a realização de testes de pré-temporada. Na prova seguinte, correu com uma pequena fratura na face após um acidente ciclístico ocorrido dias antes.

“Neste fim de semana, conseguimos, pela primeira vez no ano, disputar a vitória de maneira consistente”, disse o brasileiro. “E isso é muito motivador. A equipe foi nota dez comigo, porque reconheceu as dificuldades que enfrentamos no começo do ano por não termos realizado pré-temporada, e depois por causa do acidente. E continuamos acreditando juntos na evolução que vimos neste fim de semana em Fuji”, ressaltou Suzuki.

Segundo colocado no grid, o brasileiro não fez uma boa largada e chegou a cair para a quarta posição. Ainda na primeira curva, mergulhou para recuperar o segundo posto, e teve a chance de atacar o líder Yuji Kunimoto a partir daí. A prova deste domingo ficou sob bandeira amarela durante cerca de 10 minutos, após um acidente entre Kazuki Miura e Katumasa Chiyo ainda na segunda volta.

Quando a corrida recomeçou, Suzuki manteve-se próximo de Kunimoto e acompanhou o líder de perto durante praticamente toda a corrida.

“Ultrapassar na Fórmula 3 não é fácil, ainda mais quando o desempenho dos carros é muito parecido. Então não consegui pular para o primeiro lugar, mas estou satisfeito pelo resultado. Conseguimos encaixar quase tudo o que é preciso para vencer uma corrida, com exceção da largada. Nas outras provas larguei bem, e aqui em Fuji tivemos problemas nos dois dias. Meu carro não partiu bem nas duas provas, e agora vamos tentar descobrir o que houve, porque normalmente largo bem”, encerrou.

Veja como terminou a corrida de hoje em Fuji:

1 – Yuji Kunimoto
2 – Rafael Suzuki
3 – Yuhi Sekiguchi
4 – Alex Imperatori
5 – Koki Saga
6 – Takashi Kobayashi
7 – Naoya Gamou
8 – Tsubasa Mekaru
9 – Katsuaki Kubota
10 – Gary Thompson
11 – Yoshitaka Kuroda
12 – Hajime Ohnami
13 – Tatsuru Noro

Abandonaram:
14) Daiki Sasaki
15) Kazuki Miura
16) Katumasa Chiyo
17) Kimiya Sato

Passadas as seis primeiras corridas, o campeonato está assim: 1. Kunimoto 71; 2. Sekiguchi 28;3. Suzuki 25; 4. Saga e Imperatori 24; Yoshida 5; Kubota 2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *