F-Atlantic: Acerto mal sucedido deixa Sperafico em 18º no grid

Brasileiro lamenta erro no trabalho de acerto do chassi, perde a quarta fila e parte para prova de recuperação na Fórmula Atlantic.


A expectativa de progresso no segundo treino classificatório, disputado na tarde deste sábado (8), acabou frustrada para Alex Sperafico. O 11º lugar que obteve na primeira sessão oficial, um dia antes, levou o piloto brasileiro a apostar na conquista de um lugar entre os oito primeiros no grid para a sétima etapa do Campeonato Norte-Americano de Fórmula Atlantic. Ele, contudo, vai largar em 18º na prova, que será disputada neste domingo (9) em Toronto.

“Durante a maior parte do último treino eu estive ali, entre sexto, sétimo, e era o pelotão onde eu deveria ter ficado. Só que, antes de tentar melhorar o tempo pela última vez, eu fui para o box para tentar deixar o carro um pouquinho melhor”, disse o piloto brasileiro, que defende a Brooks Associates Racing. “Era para deixar a frente um pouco mais equilibrada. Não adiantou, e para piorar a traseira ficou ruim. Aí, não deu para melhorar o tempo em nada”, lamentou.

O prejuízo do brasileiro foi ainda maior considerando-se o equilíbrio que marcou o treino classificatório – os 16 primeiros colocados estiveram separados, no cronômetro, por menos de um segundo. “Se o que a gente pensou desse certo, eu imagino que teria como baixar mais meio segundo no meu tempo. Daria para estar na quarta fila”, calculou. “De qualquer forma, agora, vamos voltar o carro ao acerto de antes e tentar a recuperação na corrida”, acrescentou.

A pole-position no circuito de rua de Toronto foi conquistada pelo norte-americano Graham Rahal. Vencedor das provas que compuseram a rodada dupla em Portland, duas semanas atrás, ele é terceiro na classificação do campeonato, com 127 pontos. O alemão Andreas Wirth, que lidera com 139, é terceiro no grid. O francês Simon Pagenaud, vice-líder com 130, sai apenas em 15º. A corrida terá largada às 11h de Brasília.

O grid completo é o seguinte:
1º) Graham Rahal (EUA/Mi-Jack Conquest Racing), 1min04s969
2º) Jonathan Bomarito (EUA/PR1 Motorsports), 1min05s075
3º) Andreas Wirth (ALE/Forsythe Championship Racing), 1min05s077
4º) Raphael Matos (BRA/Sierra Sierra Enterprises), 1min05s079
5º) Robbie Pecorari (EUA/Gelles Racing), 1min05s389
6º) Steve Ott (EUA/Jensen MotorSport), 1min05s518
7º) Tim Bridgman (ING/Jensen MotorSport), 1min05s590
8º) Carlos Mastretta (MEX/Brooks Associates Racing), 1min05s652
9º) James Hinchcliffe (CAN/Forsythe Championship Racing), 1min05s706
10º) Joe D’Agostino (EUA/Newman Wachs Racing), 1min05s758
11º) Danilo Dirani (BRA/Condor Motorsports), 1min05s766
12º) Leonardo Maia (EUA/Forsythe Championship Racing), 1min05s794

13º) Alex Barron (EUA/Polestar Racing Group), 1min05s864
14º) Ryan Lewis (EUA/Mi-Jack Conquest Racing), 1min05s868
15º) Simon Pagenaud (FRA/Team Australia), 1min05s874
16º) Richard Philippe (FRA/Forsythe Championship Racing), 1min05s960
17º) David Martinez (MEX/US RaceTronics), 1min06s003
18º) Alex Sperafico (BRA/Brooks Associates Racing), 1min06s130
19º) Alan Sciuto (EUA/Polestar Racing Group), 1min06s493
20º) James Davison (AUS/Team Australia), 1min06s691
21º) Justin Sofio (EUA/Mathiasen Motorsports), 1min06s751
22º) Mike Forest (CAN/PR1 Motorsports),1min08s169
23º) Duncan Ende (EUA/Bite Racing), 1min08s927

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *