F-Ford Inglesa: Victor Corrêa sobe para quarto no Campeonato Inglês

Mineiro termina prova de sábado em sexto e melhora posição no certame. Domingo tem mais duas corridas.



O brasileiro Victor Corrêa (Unifenas/Cooparaiso/Flash Power) começa a reagir no Campeonato Inglês de Fórmula Ford. Na sétima etapa da famosa categoria-escola, disputada neste sábado (26/4) em Croft, na Inglaterra, ele terminou na sexta posição e subiu para quarto na tabela de pontuação. “O importante era pontuar bem, para melhorar a minha situação. E atingi este primeiro objetivo, subindo de sexto para quarto. Vamos tentar sair amanhã aqui de Croft bem próximo do terceiro colocado”, planeja o piloto de Alfenas, sul de Minas Gerais. Neste domingo serão disputadas a oitava (08h00 de Brasília) e nona (11h10) provas da temporada.

Na largada para a prova Victor Corrêa deixou o seu Mygale patinar muito e caiu para sexto. No entanto, ainda na primeira volta Westley Barber errou a última curva do traçado de 3,4 km e o mineiro aproveitou para colocar seu carro por dentro para reaver a posição. Só que o experiente inglês tentou impedir a manobra e a colisão foi inevitável. “É incrível como um cara que já foi campeão mundial e inglês de Fórmula Ford faz um negócio deste. Arruinou minha corrida e a dele”, reclamou o brasileiro, que retornou em décimo.

Fazendo uma boa recuperação Victor foi fazendo ultrapassagens até assumir novamente a quinta posição. Como ele chegou rápido em Linton Stuteley e o inglês freou muito cedo, Corrêa tentou a ultrapassagem por fora, mas foi espremido e saiu na grama. “Estava ansioso para ir pra frente, vi que tinha carro para terminar entre os três primeiros, e acabei abusando um pouco”, justificou. Retornando à pista em oitavo, o mineiro ainda passou dois concorrentes e recebeu a bandeirada em sexto em uma prova bem competitiva.

Victor Corrêa vai largar da quinta posição na primeira prova da programação de domingo, e novamente pretende ser cauteloso. “Se você não larga da primeira fila na Fórmula Ford, invariavelmente se mete em confusão aqui. A disputa é muito grande, os tempos são muito parelhos. E como os quinze primeiros pontuam, se você rodar ou bater acaba caindo muito na classificação. Então, o negócio é ir pontuando até ficar estabilizado ou com folga para depois ser mais agressivo”, comentou o representante da Unifenas/Cooparaiso/Flash Power, que foi campeão da Fórmula São Paulo em 2007.

A posição de largada da última competição de domingo, será de acordo com o resultado da oitava etapa. “Este é mais um motivo para eu deixar para arriscar mais só na terceira corrida da rodada dupla”.

Os dez primeiros na 7ª etapa do Campeonato Inglês de F-Ford, disputada neste sábado foram:
1) Wayne Boyd (IRN), Mygale, 13 voltas em 18min17s108;
2) Tim Blanchard (AUS), Mygale, a 4s144;
3) Matt Hamilton (ING), Mygale, a 7s511;
4) Linton Stuteley (ING), Mygale, a 11s977;
5) Chris Maliepaard (HOL), Mygale, a 12s330;
6) Victor Corrêa (BRASIL), Mygale, a 15s264;
7) James Cole (ING), Mygale, a 15s742;
8) Westley Barber (ING), Comtec, a 16s453;
9) Glen Wood (AUS), Spectrum, a 18s848;
10) Gary Findlay (ESC), Mygale, a 20s095;
19) Francisco Wieler (BRA), Comtec, a 1min11s413.

A pontuação do Campeonato Inglês de Fórmula Ford após sete etapas está assim:
1) Wayne Boyd (IRN), Mygale, 205;
2) Tim Blanchard (AUS), Mygale, 184;
3) Linton Stuteley (ING), Mygale, 144;
4) Victor Corrêa (BRASIL), Mygale, 117;
4) Marco Sorensen (DIN), Van Diemen, 117;
6) David Brown (ESC), Van Diemen, 115;
7) Westley Barber (ING), Comtec, 101;
8) Matt Hamilton (ING), Mygale, 100;
9) Adrian Campfield (ING), Spectrum, 82;
10) Chris Maliepaard (HOL), Mygale, 74;
11) James Cole (ING), Mygale, 66;
12) Glen Wood (AUS), Spectrum, 60;
13) Philippe Layac (FRA), Mygale, 42;
14) Gary Findlay (ESC), Mygale, 28;
15) Rogier de Wit (HOL), Mygale, 20;
16) Alex Jones (GAL), Van Diemen, 19;
17) Matt Dobson (ING), Van Diemen, 13;
18) Jamie Jardine (ING), Comtec, 9;
19) Adam Batch (ING), Ray, 8;
20) Francisco Wieler (BRA), Comtec, 6;
20) Callum Holland (ING), Van Diemen, 6;
22) Felix Scott (ING), Spirit, 2;
23) Chrissy Palmer (ING), Ray, 1;
24) Matthew Payne (ING), Van Diemen, 0;
24) Daniel Walker (ING), Mygale, 0;
24) Peter Daglish (ING), Ray, 0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *